[Volta ao Passado] Airantou, a ilha onde só vivem mulheres! ~ Netoin!

sexta-feira, 3 de junho de 2016

[Volta ao Passado] Airantou, a ilha onde só vivem mulheres!

A chamada da vez...
De um acidente até...

O jovem de nome Ikuto teve a sua vida totalmente transformada após um incidente em alto mar. O pensamento lógico da questão determina que algo terrível aconteceu com o rapaz. Mas, dadas certas circunstâncias, existe a possibilidade da palavra "desastre" e seus derivados ganharam tanto a conotação positiva como também negativa, bastando apenas analisar a situação pelo seu próprio ponto de vista, nobre visitante. Tudo isto porque ele, Ikuto, acabou indo parar em uma estranha ilha chamada Airantou.

Tente analisar a situação do personagem já citado de uma maneira direta. Ele, que era subestimado pelo seu pai e que odiava a palavra "impossível" com total fervor, acabou sendo pescado (literalmente) por uma garota, após ter passado um bom tempo em mar aberto. A moça, na tentativa de reanimá-lo, quase matou o rapaz. E a chegada do Ikuto acabou causando muita curiosidade neste estranho lugar, pois basicamente todas as moças de lá ficaram surpresas ao saber que ele era, na verdade, um garoto. Tal fato causou espanto, pelo fato de que na ilha de Airantou viviam apenas mulheres (ao menos dentre os humanos locais).

Desconhecendo o enunciado do parágrafo acima, o Ikuto acabou ficando sob os cuidados da Suzu, sendo esta a moça que o "salvara" por meio da reanimação pós pescaria. Para ela, a presença do rapaz era uma grande e inimaginável novidade. Logicamente, a jovem não estava sozinha nesta linha de pensamento, tanto que já no início da jornada uma outra moça, chamada Ayane, acabou aparecendo para atormentar a Suzu e tirar o Ikuto de perto dela. Aos poucos, o rapaz foi notando que ele estaria sendo alvo de muitos olhares, dos curiosos aos mais endeusados possíveis.

Momentos de um salvamento...

Os costumes em Airantou causaram profunda estranheza no Ikuto, incluindo nisto a normalidade com a qual as moças ficavam despidas em sua frente (no banho), por exemplo. Vindo de uma cultura na qual homens e mulheres compartilham certos espaços e ações apenas à partir de certas convenções próprias, era de se esperar que elas o tratassem de tal maneira diferente (já que nunca tinham visto um garoto antes e, para as jovens residentes da ilha, não havia necessidade de se restringirem à frente dele). Contudo, todas as ações delas eram provenientes da inocência sobre o mundo exterior e, ao menos para uma fração das moças de Airantou, não havia uma segunda ou terceira intenção nisto tudo. Mas, para o recém chegado, lidar com tudo isso da maneira mais normal era difícil, sobrando ao mesmo jorrar litros de sangue constantemente pelas suas narinas.

Ao saber sobre o porque das jovens estarem seguindo-o por toda a ilha, o Ikuto tentou sair dali de toda e qualquer maneira, por mais que tenha sido avisado de que fazê-lo era sumariamente impossível (palavra esta que acabou encorajando o rapaz a tentar seguir adiante na fuga de Airantou). Foi desta maneira que, em 4 de abril de 2007, estreou o anime Nagasarete Airantou, nobre visitante, sendo esta uma obra regada pela comédia romântica e harém, com muitos pontos ecchi e um fator de divertimento bem nítido para uma obra com tais características.

Fique à par de que, ao longo de seus vinte e seis episódios, Nagasarete Airantou mostrou muito do desenvolvimento dos principais personagens ada série, Ikuto e Suzu, além de apresentar um elenco com um bom carisma. O anime foi recheado de momentos interessantes, situações bizarras e de figuras folclóricas da cultura japonesa, em meio à toda esta ambientação que soube fazer um trabalho dentro das expectativas. Aliás, estima-se que o Ikuto tenha sobrevivido às noventa e nove jovens de Airantou, em seu cotidiano na paradisíaca e desconhecida ilha.

E assim se seguiu...

Recordações...


"Ikuto, Suzu e a líder de Airantou... Em pauta, a novidade da chegada dele..."


"Ao abrir os olhos..."


"A Ayane, tentando tudo atrapalhar..."


"Este remédio caseiro não parece ser nada bom..."


"Sem ação no banho..."


"Jamais chame uma criança de criança em Airantou..."


"Mais uma disputa..."


Nagasarete Airantou
Episódio #1: "Desviado para o paraíso?!"


"Ikuto e Suzu, os protagonistas de Nagasarete Airantou..."

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 0Blogger
  • Disqus

Deixe o seu comentário

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons