Em pauta!

terça-feira, 7 de abril de 2020

[Análises em Geral] #100: sobre a temporada de janeiro-2020


Um resumo bem-vindo...

Nobre visitante, como já é seu conhecimento, a temporada animística de janeiro-2020 chegou ao seu fim tem pouco tempo. Atualmente, um novo período iniciou-se, com outras obras para serem vistas e prontamente analisadas. Mas, antes, é necessário ser feito um resumo sobre aquilo que se passou. Aliás, este é um modal de trabalho que o Netoin! está devendo faz um bom tempo.

Ao invés de citar todos os animes vistos, incluindo aqueles que iniciaram em outubro-2019 e prosseguiram, a minha pessoa preferiu elencar as cinco obras de maior destaque no período em pauta. Tais animes serão citados em ordem alfabética, cuja dissertação para cada obedecerá unicamente a critérios pessoais de mensuração, apresentando os pontos mais positivos e, doravante a isto, também citações de melhoria e/ou negativas, até porque nem tudo é perfeito.

No final deste post, tu verá quais são os animes que ainda prosseguirão em suas exibições, além de outros que podem adentrar como menções honrosas. Dito isto, sinta-se à vontade e aproveite o texto, visitante desta humilde casa na internet.

Eizouken ni wa Te wo Dasu na!


Toda a temática por detrás de Eizouken ni wa Te wo Dasu na! esteve, singularmente, na premissa do "anime sobre fazer animes". Em 2015, o Netoin! elegeu Shirobako como melhor anime do ano, sendo que a espinha dorsal de tal obra era a mesma de Eizouken, porém com foco diferenciado, além das atitudes por parte de seu elenco. Para que este parágrafo não fique inundado de comparações (que podem chegar a serem desnecessárias), basta enfatizar que Shirobako era mais "kawai" e sério, enquanto Eizouken foi mais dinâmico e "bruto". Nobre visitante, isto contou muito para a minha pessoa, em diversas escalas.

No Kyoudai Podcast #113, a minha pessoa havia dito que Eizouken teve um início "apenas" bom (foco nas aspas). Passada a sua exibição, pode ser aqui dito que este anime já desponta como um dos sérios candidatos a melhor de 2020 ou, minimamente, para ser listado no top'5 do mesmo ano. A obra soube envolver com suas passagens sérias e chamativas, sem deixar de lado o humor ou as "chamadas de atenção" providenciais para a atual indústria de animes. Com personagens carismáticos e episódios ao melhor estilo "um melhor do que o outro", Eizouken ni wa Te wo Dasu na! merece muito ser apreciado.

Haikyuu!!: To the Top


O vôlei é considerado o segundo esporte mais popular no Brasil, estando atrás unicamente do futebol. Porém, os selecionados brasileiros deste desporto são potências mundiais, entrando como favoritos aos principais títulos existentes do mesmo. Diante disto, a premissa por detrás de Haikyuu!! sempre foi muito convidativa para a minha pessoa, ao longo de todas as suas temporadas já exibidas.

Contudo, a temporada atual - cuja primeira parte terminou em março - conseguiu manter todos os pontos de atenção que a obra, por tradição própria, sempre mostrou. Seja pelos momentos de humor descontraído, as explanações táticas do vôlei, ou pura e simplesmente pela magia do carisma que todos (sem exceção) do seu elenco possuem, Haikyuu!! soube divertir além da medida. Obviamente, muito se espera deste anime para o prosseguimento de sua temporada, previsto ainda para 2020. Aguardar é preciso.

Healin' Good Precure


A minha pessoa tem escrito muito sobre Healin' Good Precure nas últimas semanas, mas isto se deve a união de dois fatores importantes. O primeiro deles está na qualidade elevada que a obra possui, não apenas chamando a atual de seu público-base notório, como também cativando a várias outras faixas etárias. Por sua vez, o segundo fator está na honestidade com a qual este mesmo título vem sendo trabalhado, desde o trabalho artístico/visual nele apresentado até o elevado fator carisma, que emana com brilhantismo pelo seu elenco.

Ao longo da temporada de janeiro-2020, o anime em citação contou com nove episódios exibidos, os quais deram um "pontapé inicial" muito convidativo. Acompanhar as aventuras das jovens Nodoka, Chiyu e Hinata (que são respectivamente as Cures Grace, Fontaine e Sparkle), buscando curar a Terra e assim proteger o mundo dos malvados Byougens, tem sido algo muito bem-vindo. Seguramente, Healin' Good Precure tem muito para mostrar até o início de 2021, quando terminará a sua exibição.

Runway de Waratte


Inicialmente, este anime também não estava na lista preliminar de ser visto por este humilde blogueiro. Graças a call semanal com grandes amigos, a obra foi acompanhada no detalhe. E desta maneira, Runway de Waratte conquistou não apenas a atenção de minha pessoa, como também abiscoitou importantes e valiosos pontos de apreciação. O anime fez por merecê-los, até porque o seu tema central, que é o mundo da moda e suas vertentes, é algo que subtende-se como relativamente difícil de ser trabalhado.

Acompanhar a trajetória do jovem Ikuto, na busca em ser um estilista, foi bem satisfatória. Aliás, não apenas ele como também a Chiyuki, que passou - e ainda passará - por duras barreiras, em razão de sua altura, para ser uma modelo de passarela. E isso sem esquecer da Kokoro que, basicamente, anseia em deixar de estar nas passarelas para desenhar os trajes que nelas estarão. Mesmo com o fato verídico de que a história do anime foi deveras corrida, algo especialmente - mas não unicamente - notório entre as pessoas que leram o mangá da obra, além de seu visual pouco polido e por vezes "apenas comum", Runway de Waratte soube entreter muito bem. Talvez, no futuro, o anime tenha uma sequência.

Somali to Mori no Kamisama


Acompanhar as aventuras da pequena Somali e de seu "pai", o Golem, justificaram toda e qualquer atenção que a minha pessoa tenha dado para este anime. Em uma ambientação bela, por vezes exuberante e paradisíaca, escondia-se um mundo repleto de preconceitos, manchas de coexistência entre espécies distintas e, sobretudo, a garantia de seguir em frente rumo à sobrevivência. No caso, o Golem estava em seu habitat natural e a Somali é que se encontrava em um mundo hostil para ela, graças às tristes histórias e acontecimentos do passado entre humanos e os seres locais, que eclodiu até em uma guerra entre tais espécies.

Por um lado, o anime Somali to Mori no Kamisama aliviou o estresse e fez este humilde blogueiro sorrir, em várias de suas passagens. Contudo, em outros - e vários - momentos, a obra fez despertar a tristeza e a angústia em minha pessoa, graças aos seus acontecimentos simplesmente chamativos e doídos. Diante disto, o ponto negativo (se assim pode ser considerado) esteve no fato que a obra, ao seu final, não respondeu a principal questão que a mesma tinha. Espera-se que, em algum momento, esta maravilhosa obra tenha uma nova temporada ou, ao menos, OVAs e/ou um filme que dê os "números finais" que a mesma tanto merece.

Um balanço geral...


Fora os cinco animes citados neste post, visitante, outras obras merecem uma menção honrosa, seja por terem agradado (mas não tanto quanto às citadas anteriormente) ou porque ainda possuem muito para mostrar mais adiante. No segundo ponto entra To Aru Kagaku no Railgun T (imagem acima), que é a terceira temporada deste spin-off do universo de Index, que até o momento tem se saído bem. O mesmo vale para o anime curto Breakers, cujos oito primeiros episódios já foram exibidos e que sua continuação se dará agora em abril, sendo esta a obra sobre esportes paraolímpicos.

De outra forma, entre os títulos já encerrados, Heya Camp cativou este blogueiro, mas não da mesma maneira que sua temporada antecessora. A obra de curta duração episódica, Natsunagu!, também merece menção aqui, tendo servido bem à sua proposta. Chihayafuru 3rd Season, que havia começado em outubro-2019, só não entrou no top'5 da temporada por questão de detalhes intrinsecamente pessoais, mas a verdade é que o anime se saiu muito bem. Ainda no que tange a animes curtos, Isekai Quartet 2nd Season cumpriu o seu papel, não indo muito além disto. Para finalizar, também foram assistidos Magia Record: Mahou Shoujo Madoka Magica GaidenKyokou Suiri que, para a minha pessoa, foram bons (embora o segundo anime citado tenha "escorregado" no arco por ele trabalhado).

Nobre visitante, a minha pessoa lhe agradece por ter lido este post até o seu final. Espera-se que o mesmo possa ter sido de seu aproveito. Desde agora, fica aberto o convite para que tu comente abaixo sobre as impressões que você teve da temporada animística de janeiro-2020.

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do Netoin!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Apenas uma observação deve ser feita, pois não será admitida nenhuma forma de spam.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!