Em pauta!

sábado, 11 de abril de 2020

[Review] Planet Survival


Lembranças de uma longa jornada...

Animes mais antigos possuem o seu charme peculiar, principalmente quando se comparados com as obras mais atuais. Tratando-se unicamente das comparações mais positivas, a obra a servir desta pauta nesta review conseguiu unir diversos temas, tópicos e abrangências de enredo sem precisar "apelar" para outras ramificações - que em teoria tornaria tudo mais fácil - menos apreciáveis. Mostrou, também, um grupo de personagens que tinham grande poder de carisma, além de mostrarem uma evolução ímpar no decorrer do anime.

Exibido originalmente entre os meses de outubro do biênio 2003-2004, e disponível no Brasil por intermédio do finado canal pago Animax a partir de 2007, Planet Survival é a obra em pauta. À época, este título foi um trabalho original (diretamente produzido para anime), que contou com cinquenta e dois episódios exibidos. Dois estúdios estiveram à frente na produção de Planet Survival, sendo eles a Madhouse e a Telecom Animation Film.

A saber, a obra possui Mujin Wakusei Survive como título original. No idioma inglês, a nomenclatura Uninhabited Planet Survive acabou sendo a mais usada. No Brasil, adotou-se Planet Survival como definição oficial para a obra. No que tange ao trabalho brasileiro com este anime, dois pontos merecem ser destacados: o primeiro deles está inerente à abertura e encerramento, mantendo não apenas as respectivas sequências originais como também suas canções; por sua vez, o segundo diz respeito a dublagem, pois foi um trabalho feito com esmero e profundidade.


Os personagens viviam dentro da normalidade na colônia onde estavam. Mas...

Assistir a todos os episódios de Planet Survival foi um convite para abraçar um enredo de início emblemático, devidamente enrolado com fatores de esperança, anseios sobre o futuro, lições sobre o passado e, talvez principalmente, a busca pela mútua aceitação (isso como pessoas que pensam e agem de maneiras muito diferentes). O desenvolvimento de sua história se deu aprazivelmente com o crescimento de seus personagens, cujo anime foi brilhante e dar o devido contraponto e atenção para cada um. É bem verdade que alguns membros do grupo tiveram uma atenção maior, mas isto é algo que a minha pessoa não consegue citar como ponto negativo para o anime em pauta.

Sobre a história de Planet Survival, tudo se passa em um futuro distante do tempo atual, mas que o ao mesmo tempo parece ser um pequeno de fio de realidade para mais adiante. Conta-se que, no passado do anime, a Terra deixou de ser um planeta habitável. O mundo tornou-se "morto", sem perspectivas de futuro, graças ao aquecimento global e às ações da humanidade. Com isto, os próprios seres humanos passaram a explorar outros mundos e satélites, formando verdadeiras colônias de sobrevivência que simulavam o ambiente da Terra.

Justamente em uma destas colônias que apareceu a figura da jovem Luna, uma estudante transferida que vivia sob os cuidados da Chako, uma gata-robô pronta para lhe ajudar em tudo. Em apenas um dia, a citada garota acabou tendo uma primeira visão de todos os outros jovens que, pouco tempo após, viveriam com ela uma grande aventura em um planeta desconhecido. Este grupo é composto por: Howard e todo o seu fator hilário (mesmo que com um início metido); Bell e sua aparente calma (mesmo sendo alvo de bullying social na colônia); Menori e toda a sua expertise em liderança (com forte temperamento); Karou e seu modo de ser isolado de todos (mas muito corajoso); Shingo e sua paixão pela mecânica e cibernética; e Sharla, que possui uma premissa em duvidar de si própria (apesar de querer em todos confiar). Bem mais adiante no anime aparece um pequeno ser, chamado Alduram (cujos mistérios e segredos em muito auxiliariam o grupo acima citado), além de um simpático e inteligente senhor de nome Polt (que ajudou a todos no estranho planeta).


O início da jornada foi envolto por perigos e provações...

Após um incidente originário por um tempestade espacial, os sete jovens estudantes (mais a Chako às escondidas) acabaram se perdendo na galáxia, estando a bordo de uma nave para fuga. Aterrissaram em um desconhecido e belo planeta, que foi a primeira experiência de todos eles com um ambiente de vida natural. Não é difícil imaginar que, logo de cara, muitos problemas ficaram à espreita destes personagens, sobretudo em questões de sobrevivência geral, além do estresse gerado pela ausência que eles tinham das facilidades da vida moderna. E foi justamente a partir deste ponto que cada um dos personagens, ao próprio modo, mostrou possuir qualidades únicas e um pujante crescimento com todo o desenrolar da aventura. Por sinal, nada foi de imediato, pois para alguns a resposta quanto a nova vida foi mais rápida, ao mesmo em que para outros a "batalha" foi muito mais longa.

Luna e companhia tiveram de passar por duras provações, que em várias ocasiões colocaram em xeque tanto a sobrevivência do grupo naquele estranho mundo, como também a união deles todos, com ou sem uma amizade em evidência. Planet Survival fez questão de deixar tudo isso em franca evidência, alinhando para tanto as qualidades únicas de cada personagem, a favor dos próprios. Um bom exemplo disto pôde ser notado no oitavo episódio do anime, no qual o grupo teve de matar uma criatura para dela se alimentar e, como isso era uma novidade para todos, a pequena Sharla foi quem mais acabou sentido o momento, chegando a ser duramente ríspida com o Bell (pedindo desculpas para ele momentos após).

A situação de todos ali teve dois pontos de atenção máxima, que tanto representaram chances de saírem daquele planeta como também de acabarem com as suas próprias existências. Um destes pontos foi quando uma equipe encontrou antigas ruínas em uma enigmática floresta que, mais tarde, mostrou ser uma nave. A partir daí surgiu a figura do pequeno Alduram, visto inicialmente como um extraterrestre mas que, na verdade, era um habitante natural daquele mundo. Mais tarde surgiu o outro ponto, quando uma estranha nave de carga respondeu ao chamado dos jovens perdidos naquele mundo. O surgimento disto mostrou mais perigos para os jovens (com três perigosos bandidos espaciais) e uma nova esperança para todos ali (pois o mecânico Polt passaria a auxiliá-los massivamente).


 Momentos de pura tensão...

O fator de descimento do elenco foi robusto desde os acontecimentos listados no parágrafo anterior. Possivelmente, o Howard pode servir como um dos melhores exemplos, pois o rapaz sempre teve o pensamento de estar protegido sob o poder econômico e social de seu pai na colônia, mas neste planeta se viu obrigado a mudar. O processo dele foi lento, ao nível de encrencar-se com grande facilidade, mesmo quando a sua intenção era das melhores possíveis. Mostrou ter compreensão e ser alguém confiável. Neste segmento, o Kaoru adentra em similar perspectiva, pois um triste acontecimento do passado acabou induzindo-o ao isolamento social, cujo dia-a-dia naquele planeta fez com que este rapaz mudasse em suas atitudes, aceitando os riscos e deixando promover as amizades que passaram a lhe cercar.

Embora não fosse o foco central, além de nunca ter mostrado nada além de breves insinuações, Planet Survival acabou servindo de inspiração para que os seus telespectadores idealizassem possíveis casais no anime. Obviamente, isto é algo comum e ocorre, basicamente, em quase todas as obras. Contudo, no anime em pauta houve aquilo que a minha pessoa chama de "sabor especial", pois os fatos que foram se sucedendo durante o seu desenrolar fez com que, mesmo inconscientemente, Planet Survival criasse propícias e interessantes perspectivas de casais. Na visão deste humilde blogueiro, Luna e Kaoru formam aquilos e chama de par perfeito. Em outra linha, surgem as possibilidades de Minori com Howard e, também, da Sharla com o Bell. Mas tudo isto descrito neste parágrafo é bem mais opinião e vontade pessoal deste humilde blogueiro do que qualquer outra coisa.

No que diz respeito ao fator de tensão na história, a mesma prosseguiu mesmo até o último episódio do anime. Em seu decorrer, a Luna descobriu possuir ter um dom especial, ao escutar estranhas vozes que muito lhe auxiliaram e aos seus amigos. O dom, proveniente dos seres que dominavam aquele planeta, chegou à Luna por intermédio de objetos dentro de seu corpo, conhecidos como nanomáquinas. Mais adiante, a máquina mestra que cuidava do ambiente daquele mundo mostrou ser muito poderosa, por vezes inimiga e por vezes aliada dos ali presentes. Seu nome era Sobrevivência e, partindo de suas deduções e motivações, foi possível muito do enredo de Planet Survival se esclarecer. No final da obra, a tecnologia aprendida naquele mundo poderia, então, ser usada em outro, em um futuro não muito distante daquele.


As mais variadas situações fizeram o elo da amizade crescer e se fortalecer entre todos ali.

O anime soube envelhecer bem, sendo esta afirmativa um ponto dos mais positivos para Planet Survival. Sua proposta de enredo, tendo como espinha dorsal a sobrevivência em um mundo e desconhecido planeta, teve muitos enlaces de suspense, amizade, drama e mistério. Uma obra de fantasia, também pautada pela ficção científica, cuja temática pode ser sim considerada ainda muito atual, para não dizer presente na mente de muitas pessoas ao redor do mundo. O grande destaque ficou com o desenvolvimento do elenco, extremamente elogiável e que muitas outras obras deveriam seguir de modelo.

Tecnicamente este anime fez um grande trabalho e, mesmo ao se considerar o ano no qual estreou (que foi 2003), a obra ainda se mostra bem caprichada. É verdade que foram perceptíveis momentos do famoso quality - definição dada para quando a animação peca e mostra detalhes pouco produzidos - no decorrer da obra em sua exibição. Mas no geral, prevaleceu a honestidade no quesito. A sequência de abertura de Planet Survival é memorável, muito disto graças a bela música "Bokura no Message", cantada pela Kiroro (clique aqui para ver a segunda abertura do anime). O encerramento não fica para trás, com a contagiante melodia de "Sunne Side Hill", cantada pela Nino em conjunto com o grupo Round Table (visualize-o ao clicar aqui).

Planet Survival foi assistido por este humilde blogueiro graças a uma recomendação muito bem-vinda, por parte de uma pessoa que tem muito carinho pela obra em pauta que, além de dar a ideia, também acompanhou este blogueiro em tão inolvidável jornada, pela qual os agradecimentos nunca serão completados. Uma boa companhia sempre faz a diferença. E além disto, o anime merece ser assistido, nobre visitante, por tudo que foi aqui comentado sobre a obra. Desde agora, este humilde blogueiro lhe agradece pela atenção em ter lido esta review até o seu final.

Um grande anime, sem dúvida alguma...

Momentos...
Clique nas imagens para vê-las em tamanho real


"Uma jornada marcada pelos momentos de perigo e aprendizado..."



" Mas também pela mais pura descontração..."



"Abraços e lágrimas foram uma constante no anime..."


"Relembrando o passado para buscar inspiração no presente..."


"Planet Survival teve carisma em abundância..."


"Saudades de quem dali se foi, ou para quem ali ficou..."


"Enlaces não eram o foco do anime, mas..."



"Emoções sem fim, mesmo com o anime próximo de seu episódio derradeiro..."



"O flagelo da subserviência..."



"A união sempre foi o diferencial mais importante de todos..."


"Adiante..."


Planet Survival
origem: obra original  /  animação: estúdios Madhouse e Telecom Animation Film
exibição: outubro-2003 a outubro-2004  /  total de episódios: 52

*** avaliação do Netoin!: 9,5 pontos de 10,0 possíveis ***

*** obra altamente recomendada pelo blog Netoin! ***



"É chegado o momento de fazer a Terra voltar a ter vida..."


"Isto é Planet Survival..."

Até a próxima!

O Netoin! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in Netoin! ]

2 comentários:

  1. Olá!
    Para àqueles que acompanhavam no extinto canal Animax e para àqueles fãs de animes que podem conferir na íntegra os episódios completos dublados em português no Youtube: Planet Survival, um anime que todos deveriam apreciar.

    O texto está muito bem descrito, atrativo para quem ainda não conferiu. Costumo a dizer que Planet Survival tem tudo na medida certa, bons personagens, ótimo enredo, tudo muito bem construído.
    Existe uma linha "educativa" de como as intervenções humanas podem ocasionar reflexos na vida das pessoas. Em contrapartida, a descoberta do Planeta que oferece recursos naturais e a importância da sobrevivência em grupo é o maior destaque da série. Tudo bem elaborado e pensando para entreter e levar, em alguns momentos, o espectador à lágrimas.

    Se alguém ainda desconhece este anime, a hora é agora!
    É preciso dar espaço para falar deste anime, e que bom que há este blog para divulgar este título.

    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações

      Nobre, é fato que este anime acabou sendo - que desconhecia da sua existência - uma grande experiência, das mais positivas, para mim. Tudo nele foi bem ajustado, de enredo ao elenco, passando pelo trabalho técnico geral.

      Quisera eu poder ter assistido a Planet Survival quando o mesmo veio ao ar no Brasil, em 2007.

      E na verdade, eu que lhe sou grato por ter me apresentado a tão ótimo e elogiável anime, Melissa.

      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do Netoin!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!