[N! Drops] Set'2014 #52: Baby Steps deixou a sua marca... ~ Netoin!

domingo, 21 de setembro de 2014

[N! Drops] Set'2014 #52: Baby Steps deixou a sua marca...

Assustado com algo, Eiichiro?
Franqueza, humildade e simplicidade...

Curioso aqui conotar o quanto Baby Steps foi peculiar em seu início de jornada, no último mês de abril. Na ocasião outros animes esportivos estavam em andamento ou iniciando com as suas exibições, sendo este o caso de obras como Yowamushi Pedal, Ping Pong The Animation e Haikyuu!!. Tratar justamente do tênis, um fidalgo desporto no qual o Japão não possui grande tradição, poderia ser um fator de risco elevado. Por sorte, tal premonição foi um tanto quanto enganosa e a obra em questão acabou sobressaindo-se ao próprio modo.

Em Baby Steps você é convidado à conhecer um pouco da vida de um jovem chamado Maruo Eiichiro. Ele está no ensino médio e, por intermédio de uma colega de classe chamada Takasaki Natsu, ele acabou aceitando o convite para entrar no clube de tênis da escola e, mais tarde, acabou se tornando integrante de um importante centro de treinamento de tal desporto, sendo este o STC (o Souther Tennis Club). Foi em tal lugar que o protagonista do anime acabou conhecendo muitos prodígios, talentos natos e, obviamente, viu a sua responsabilidade na prática do tênis aumentar consideravelmente.

Ao longo dos seus vinte e cinco episódios, esta obra ganhou pontos extremamente positivos em duas características muito importantes. A primeira delas se deu com o contexto, pois foi apresentado o cotidiano do Eiichiro e grande elenco com absoluta normalidade, onde todos os eventos pareceram muito reais (o avanço do tempo em certas passagens da obra acabaram auxiliando muito para a causa). E a segunda característica foi bem impactante, pois o anime mostrou elementos básicos da prática do tênis em quase todos os episódios sem ser cansativo. Muitos termos técnicos foram citados mas, em nenhum momento, tais elementos foram predominantes.

Natsu e Eiichiro: "durante o Natal, estaremos treinando!".
O anime mereceu elogios no que tange ao contraste entre esporte e cotidiano. Baby Steps não deu preferência para o tênis e nem deixou o cotidiano do Eiichiro sobressair-se. Procurou balancear ambos os focos do enredo, resultando em uma experiência deveras positiva neste quesito. É correto e justo aqui mensurar isto, uma vez que esta obra fez um trabalho muito digno neste segmento, ao ponto de atribuir pontos de replay value (a vontade de rever cenas) a vários momentos de seu prosseguimento.

Ao mesmo tempo no qual o Eiichiro buscava aprender o tanto quanto podia sobre o tênis em si, ele sentia na pele o fato de estar iniciando muito tarde a prática do desporto. Na medida em que mais treinava o cansaço era visível e compreensível. Tendo um alto senso de responsabilidade, o rapaz não deixou os estudos para trás em nenhum momento (por mais que suas notas escolares tenham diminuído em alguns décimos de pontos). A grande característica do rapaz, em sala de aula, acabou sendo levadas para as quadras do tênis e isso fez ele ficar conhecido pelo costume pessoal de sempre fazer anotações do que julgava ser importante.

Rivalidades apareceram bem em Baby Steps, como todo anime esportivo tem de mostrar. Por mais que não tenha existido um momento de atenção com alto nível neste aspecto, a obra suplantou bem a pauta, anexando-a dentro das possibilidades com a proposta do anime em si. Com isto espaços para discussões, provocações e situações de chamada cruzada se fizeram presentes. O elenco deste anime colaborou muito para isso pois, se o grupo de personagens não possuísse o mínimo de carisma necessário, fatalmente o título em si seria pouco proveitoso.

Desejos de boa sorte ao Eiichiro, durante a sua ida aos Estados Unidos.
O último episódio, exibido na data de postagem deste texto, deixou bem clara a ideia de que o anime acertou em cheio no modal adotado pelo mesmo (e explanado nos parágrafos acima deste). Os jovens Eiichiro e Natsu aproveitaram um pouco o dia de folga juntos, passeando e descontraindo-se. A timidez dele e toda a alegria dela fizeram um tipo de conjunto notável, que parece ter se fortalecido bem desde o início deste anime.

Tecnicamente, Baby Steps foi um anime deveras simplório, sem magnitude ou algum tipo de impacto. Neste conjunto de características citam-se o visual da obra e desenho dos personagens que, mesmo bem cuidados, mostraram-se bem comuns para o nível das obras que eram exibidas em paralelo à esta. Pode ter sido proposital trabalhar este anime desta maneira. Mesmo faltando um capricho mais qualitativo no quesito visual, o mesmo não atrapalhou a experiência que se tem ao ver tal obra. É possível também falar dos atributos sonoros do anime que foram tão simplórios quanto o visual em si. Mas o tema de abertura (a música "Believe in Yourself") conseguiu se sobressair.

De maneira geral, Baby Steps mereceu elogios. Longe de qualquer tipo de perfeição ou de ser aclamado pelo público, o anime foi extremamente sincero e lúcido em sua proposta, levada adiante durante a sua exibição. Entregou aquilo que se comprometeu a fazê-lo, como poucas obras conseguem fazer atualmente. Houveram pontos de atenção e de melhoria, mas estes não atrapalharam em demasiado a sequência do anime. E a chamada para sua segunda temporada, em 2015, possui extrema e valorosa atenção.

O anime é digno de nota...

Despedidas são sempre assim...
Dicas de leitura aqui no NETOIN!

Até mesmo a dupla Eiichiro e Natsu se surpreendeu com o anúncio da segunda temporada do anime...
Baby Steps 
Temporada abril'2014 - Total de 25 episódios

Nota final: sete pontos de dez possíveis!
Obra de recomendação positiva por parte do NETOIN!, visitante.

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 0Blogger
  • Disqus

Deixe o seu comentário

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons