Volta ao Passado - #MêsdoShoujo com o final de Rayearth! ~ NETOIN!

quarta-feira, 18 de março de 2015

Volta ao Passado - #MêsdoShoujo com o final de Rayearth!

A grande chamada.
Tudo era um compromisso em Cephiro...

* indicação de áudio: nobre visitante, para uma melhor experiência leia este post escutando o "Main Theme" de Magic Knight Rayearth, ao clicar aqui

Este anime soube cativar e chamar a atenção, do início ao fim. Uma obra que apresentou um limiar tênue entre o certo e o errado, uma diferença mínima confrontante das forças do bem e do mal. O ambiente era um mundo mágico, deveras bonito e encantador. Nos céus, ilhas flutuantes apontavam para um cenário ímpar. No solo, belas plantas e árvores davam o toque daquele lugar. Para as jovens Hikaru, Umi e Fuu, o planeta Terra tinha as suas maravilhas mas nenhuma delas equiparava-se ao que se via em Cephiro.

O início, claro, foi do maior clamor possível ao desconhecido. A regente deste lugar mágico é que convocou as três estudantes do mundo místico para salvar o seu mundo, povo e tudo o mais que se podia esperar. De beleza sem igual e uma bondade que transbordava do seu coração para fora, a Princesa Esmeralda acabou escondendo das guerreiras que chamara a real razão de suas idas para Cephiro. O Sistema do Pilar, adotado neste mundo para manter a civilização em paz, possuía muitos pontos contra.

A jovem Esmeralda acabou nutrindo um amor muito forte pelo seu maior guardião, sendo este Zagato (conhecido como Zagard no ocidente). O sentimento acabou se tornando recíproco e, com isso, a mente daquela que mantinha o planeta em ordem se dirigiu para outros rumos, sendo estes todos referentes à própria felicidade. Não havia crime algum nisto, mas ela era o Pilar de Cephiro. E com tamanha responsabilidade nas costas, ela "não tinha o direito" de pensar em si. E sabendo disto muito bem, Zagato acabou assumindo um papel antagonista e deixou sua amada presa em cativeiro no próprio castelo, resguardando o momento pelo qual as convocadas do mundo místico apareceriam para tentar derrubá-lo.

As Guerreiras Mágicas em um momento de inquietação.
Para as três jovens terráqueas, tudo de ruim que estava ocorrendo em Cephiro era obra e graça de Zagato e seus vassalos. Em seus pensamentos, bastava derrotá-lo em combate para salvar a Princesa Esmeralda e, com isso, darem um futuro digno ao mundo mágico onde estavam e também poderem voltar para a Terra. E o trajeto delas, para assegurarem seus postos como Guerreiras Mágicas, foi muito tortuoso e repleto de perdas emocionais (que o diga a Priscila, que forjou as espadas delas com o raro mineral Escudo). Neste meio tempo, a diferença entre certo e errado foi muito pequena, ao nível das três jovens sempre aparecerem com muitas questões sobre o ambiente que as cercava.

Porém, elas não estavam preparadas para o derradeiro golpe que o destino tinha reservado-as. Derrotar Zagato, mesmo com o poder dos três Gênios, foi uma tarefa das mais árduas. Mas o real inimigo ainda estava no aguardo delas. Definitivamente, os corações de Hikaru, Umi e Fuu iriam sofrer muito mais dali por diante. Isso porque, na verdade, a confrontação seria diretamente com aquela que as chamara para Cephiro. Melhor enfatizando, com a personalidade egoísta e cruel da Princesa Esmeralda, que veio à tona após a morte de seu amado em combate.

O Sistema do Pilar apresentava, da pior maneira possível, o seu maior e derradeiro ponto fraco. Naquele mundo de tantas paisagens belas, o compromisso de lealdade praticamente selava o destino de uma pessoa em prol de todo um planeta. As três Guerreiras Mágicas demoraram para entender isso. Algo normal porque, imaginando-se em similar situação a delas, o desespero tomaria conta de imediato e em nada auxiliaria. O que restava, para as terráqueas, era realizar o grande desejo da Princesa Esmeralda.

A visão egoísta da Princesa Esmeralda e o seu Gênio.
Muitas perguntas se passaram nas mentes das jovens guerreiras. Era inevitável ter que assumir o posto daquelas que, naquele momento, ressoaria como criminosas para parte do povo de Cephiro. As mentes e corações delas estavam totalmente despedaçadas. Em razão de um costume, uma tradição, teriam de tirar a vida de alguém unicamente pelo fato desta pessoa ter se apaixonado. Tristeza, abalo humano, sentimentos múltiplos de descrença e nada de conforto para Hikaru, Umi e Fuu. O guru Cléf e outros personagens sabiam da missão delas desde sempre, mas ainda era muito difícil algo prever.

O episódio vinte, que deu números finais à primeira temporada de Magic Knight Rayearth, acabou sendo deveras emocionante. Tudo em razão do que tu leu nos parágrafos acima, acrescido por valiosas lições sobre a guerra e o amor. Não distante disto tudo, houve ainda o ensejo de um futuro melhor, tanto para aquele mundo mágico como também para as jovens guerreiras que, ao retornarem para a Terra, mostraram que um forte laço entre elas se formou em Cephiro. Ainda mais do que isto, que tal elo das três poderia sim tomar forma e consciência para um destino futuro na busca do perdão, racionalização e realização.

Amigo visitante, este foi o segundo post especial da campanha Mês do Shoujo, que já foi explicada em anterior oportunidade (clique aqui para visualizar o texto). Este anime, Magic Knight Rayearth, foi o escolhido para ser trabalhado para tão importante ocasião, tendo em vista o teor emocional e apaixonante emanado pelo seu episódio de encerrava um ciclo e abria espaço para a continuidade da animação. Desde já, este humilde blogueiro lhe agradece leitura e espera, humildemente, que este texto tenha sido de sua apreciação.

Escolhendo um novo nome para Cephiro...

Momentos únicos...


"Eu sou... Esmeralda, de Cephiro..."


"A... Espada de Zagato... Guerreiras Mágicas, eu irei matá-las,
e com a espada de Zagato!"


"Momento no qual a verdade aparece para as três guerreiras..."


"Princesa Esmeralda, nos diga onde você está! Iremos até você!"


"Eu me apaixonei por Zagato... E o pior... O pior aconteceu depois...
Zagato acabou se apaixonando por mim, também!"


"Guerreiras Mágicas, a força do seu real inimigo suplanta a de todos
que vocês enfrentaram até agora. Tenham isso em mente..."


"Quando a fúria toma conta da Princesa Esmeralda..."


"Um golpe doloroso na Hikaru..."


"Rayearth!"


"A fusão dos três Gênios..."


"O golpe derradeiro..."


"Muito obrigada... Minhas Guerreiras Mágicas..."


"Isso não foi um sonho, certo?"


"Eu quero um dia poder voltar à Cephiro. E poder fazer alguma coisa por 
aquele mundo maravilhoso que a Princesa Esmeralda, com o seu coração, 
ajudou por tanto tempo a defender..."

Magic Knight Rayearth - Primeira temporada
Episódio #20 - "A inacreditável verdade sobre as lendárias Guerreiras Mágicas"


"A chamada para um novo amanhã, desde a distante Terra..."

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 0Blogger
  • Disqus

Deixe o seu comentário

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - NETOIN! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons