[N! 9 Anos] O que você sabe sobre ship? ~ Netoin!

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

[N! 9 Anos] O que você sabe sobre ship?

A capa da vez.
Olá para você!

A Se-chan está invadindo o NETOIN!. Mas acho que eu deveria me apresentar, não é mesmo?

Tudo bem com você? Eu sou a Se-chan, fundadora e redatora do blog Kono-Ai-Setsu, já há alguns anos parceiro do NETOIN!, que visa produzir conteúdo para o fandom yuri (girls love), seja com resenhas, contos ou com notícias do nicho. Quero agradecer o Carlírio por me convidar para fazer um guestpost em comemoração aos nove aninhos do NETOIN!.

Mas talvez você se pergunte algo como: “O que a menina doida pelos yuris veio fazer no NETOIN!?”. Calma, a senpai aqui já está chegando nisso. Quero que você lembre algo lá de sua infância. Você já viu uma série onde torcia para dois personagens se juntassem, mesmo sem muita esperança de que eles realmente virassem um casal? Se sim, então você já shippou. E como uma experiente shipper, vim aqui dar umas dicas e falar um pouco sobre esse habito que você pega e não larga nunca mais!

Parte #1 - Conceitos

E diretamente de Digimon...
“Mas como assim conceitos?! Eu não acabei de aprender o que é ship?” 

Aí você está sendo inocente, meu jovem. Conceitos de ship não são tão fáceis assim. Apenas falei de forma abrangente o que é ser shipper. A seguir vou falar dos conceitos e dar alguns exemplos para deixar mais claro para você. É chegado o momento da minha aula.

O ship normal, onde originalmente as pessoas torcem para dois personagens ficcionais (atualmente o conceito já é colocado com pessoas reais.). Por exemplo, tem-se o caso de Kenshin e Megumi, de Samurai X (Rurouni Kenshin). É sabido que no fim o Kenshin fica com a Kaoru (outro ship da série), mas tem bastante gente que torcia pela Megumi. Além desse, no mesmo anime tínhamos Sanosuke e Megumi, que eu particularmente adorava por que eles se implicavam de um jeito muito legal (adoro tudo isso).

Há o friendshipper, que torce para dois personagens virarem amigos. Sabe, no início do Digimon Adventure, o Tai e o Matt não se davam bem. Havia nesse caso duas possibilidades de ship, sendo a primeira o fato de você querer que eles formassem um casal (acho meio estranho, mas entendo, por que eles deixam brecha brigando), enquanto a segunda seria torcer para que eles virassem amigos, sendo este o conceito que apresentei para você. Ele normalmente não é mencionado como ship, mas é bom deixar aqui a lembrança do mesmo.

Chichi e Goku, quando crianças.
Temos o cult ship ou fanon ship, onde o fandom cria totalmente o casal, por que não há evidência do mesmo na série. Poderia citar o mesmo do friendship, por que não acho que exista evidências de Tai e Matt serem um casal, mas vou mostrar com outro exemplo para diferenciar melhor. Acredite se quiser, Mako e Principe Wu (The Legend of Korra) são muito shippados. Acho que esse é um dos melhores exemplos na atualidade (é claro que eu adoro ver o fandom criar essas loucuras, e muito).

Além disto temos o canon ship, sendo esta a definição para quando o ship é canônico (oficial, pois os personagens têm um relacionamento na série). Depois de ver Dragon Ball, e partirmos para Dragon Ball Z, vemos que Goku e Chichi viraram um casal canon. Ou quando torcemos para que Syaoran se declare para Sakura, e no final da série vemos que a garota retribui o sentimento, sim, eles viraram canon. Além disto, temos Kenshin e Tomoe, com seu final trágico, sendo também um ótimo exemplo.

Apesar de termos muitos outros conceitos, vou mostrar só os essenciais. Portanto, aqui temos o último. Este atende pela sigla OTP (One True Paring, único casal verdadeiro), sendo o seu casal favorito em uma série. Por exemplo, em The Legend of Korra, o meu OTP pessoal é KorrAsami (Korra e Asami). Em Puella Magi Madoka Magica é KyoSaya (Kyoko e Sayaka). Já em Sakura Card Captor é Sakura e Syaoran. Tudo isto que citei define bem como o conceito de OTP é realmente pessoal.

Parte #2 - Exemplos e explicações

Diretamente de Sakura Card Captor.
Talvez (depois destes conceitos) você esteja pensando que, ao rever os seus animes preferidos, poderá ir percebendo a existência de vários ships neles. Vou pegar, então, alguns exemplos para uma melhor compreensão.

Pensando em Sakura Card Captor, você percebe que poderia ter shippado (como eu, em alguns momentos) o Touya com a Professora Mizuki. Eles tiveram um relacionamento no passado, mas não na atualidade, então será que poderiam ser considerados canon? Depende do seu ponto de vista. Eles são canon, pois se tu os shippou em algum momento antes das cenas que mostram seu passado, você vê que eles eram canon. Mas ao mesmo tempo, eles não são atualmente canon por que Touya e Yukito mantém um relacionamento amoroso no tempo em que se passa a história. Para mim, ambos são canon, mas cada um em seu tempo na história.

Além disso, você poderia ter shippado Tomoyo tanto com a Sakura, quanto com o Touya, tudo por que a Tomoyo é apaixonada por sua colega de escola, mas também nota e adora as coisas que a garota tem parecida com seu irmão mais velho. Apesar de ter tido consciência do amor da garota, o meu OTP sempre foi Sakura e Syaoran.

Vamos para Sailor Moon. Você, na temporada Sailors Stars, muito bem poderia ter shippado a Serena com o Seiya. Além disto, poderia ter feito isto também entre a Serena e a Haruka, ou o Seiya com a Michiru. Todas essas possibilidades são mostradas delicadamente na trama. Porém, você têm consciência de que não é canon, porque Serena ama o Darien e a Haruka tem um relacionamento com Michiru. Este foi fácil, não é mesmo?

The Legend of Korra.
Já em Samurai X, tanto Kenshin e Tomoe quanto Kenshin e Kaoru são canon (novamente, cada um em seu tempo na história). O Kenshin ter mantido um relacionamento com Tomoe até o fim da vida da mulher não exclui o fato de que ele e a Kaoru se amam no plano atual da história (e que serão um casal no final).

Por outro lado, The Legend of Korra tem uma questão mais complicada. Sim, Korra mantém um relacionamento amoroso com Mako na primeira temporada e conturbadamente no início da segunda. Porém, ao final da série, fica óbvio que Korra e Asami começam a ter uma relação amorosa, por mais que alguns fãs tentem negar ou inferiorizar a evolução da aproximação das duas (dizendo que o fandom de KorrAsami forçaram a “criação” do casal).

Korra e Asami terem terminado juntas não excluem o canon de Korra e Mako ao início da história. Porém, achar que Korra irá terminar o relacionamento com Asami depois do término da série e voltar depois para Mako, é errôneo. Infelizmente, muitos dos shippers Makkora (Mako e Korra) não aceitaram bem a canonização de KorrAsami, e fizeram algumas ponderações sobre isto. Só aceitaram (um pouco) somente após o criador da série (Bryan Konietzko) fazer uma postagem falando que, sim, Korra e Asami eram um casal.

Parte #3 - Na atualidade

Fragmento de uma cena da novela Em Família.
O termo ship ficou tão popular, que atualmente até pessoas fora do âmbito nerd/otaku a utilizam. Se você já assistiu a novela Em Família, deve ter notado o casal lésbico entre Clara e Marina (interpretadas por Giovanna Antonelli e Tainá Müller). Pois bem, o ship Clarina ficou tão popular que as próprias atrizes (principalmente a fofa da Tainá, que obviamente era super shipper também) utilizavam o termo ship nas suas entrevistas.

Além disto, o que mais ficou comum na atualidade (infelizmente) é as brigas no fandom pelos ships. Já cansei de ver o pessoal brigando em The Legend of Korra (por causa da questão na parte acima), além dos de Harry Potter, onde tem gente que ainda não aceita a Gina e queria que o Harry ficasse com a Hermione (ou então com o Draco). É um pouco chato, mas a gente tem que se acostumar se quiser fazer parte de um fandom.

Parte #4 - Locais de interação

As dúvidas da Serena...
“Olha Se-chan, eu gostei da ideia e quero fazer parte de um fandom e shippar muito. Mas não sei onde achar meus amiguinhos.”

Pois bem, a senpai aqui vai dar uma dica. Em primeiro lugar, tente pesquisar se o fandom não tem um grupo ou fórum de discussões bem ativo. Se sim, já entre e procure um tópico do ship que quiser.

Se o fandom não tiver nenhum desses, vá dar uma olhadinha no 4chan. Sim, eu sei que ele parece assustador, mas provavelmente será lá onde terá as novidades do que você quer conversar. E o melhor, tem de tudo quanto é fandom, abrangendo yuri, yaoi, age gap, entre vários outros tantos. Só esteja bem preparado, pois você poderá com muito conteúdo mais adulto por lá (o famoso +18). A titia aqui está avisando, viu? Se não ver imagens com "coisinhas de adulto", provavelmente vai ter uma conversa que terá especificado que não terá o +18 nela.

Mas se você quer muitas imagens do seu casal favorito, aquele que te deixa doido por mais material que possa ser, então a minha dica é ir diretamente ao Tumblr (aquele menininho que parece que só ter besteira na mente). Na verdade, se você pesquisar direitinho, conseguirá montar uma dashboard bem legal. No meu caso, eu fiz uma visando material que tenha imagens yuris, e deu super certo. Todos os dias eu abro meu Tumblr e fico rolando a dash até não poder mais. Se sua dash não tem o material que está querendo, acho que será a hora de procurar por uma tag mais específica nele ou de mudar o pessoal que você segue.

Conclusão

Momento para uma boa foto.
Bom, era mais ou menos isso que eu tinha à ensinar para vocês. Espero ter sido agradável e ter tirado algumas dúvidas. Qualquer coisa vocês podem vir aqui me perguntar. E só digo uma coisa: se você for entrar para o mundo do ship, se prepare, pois será sugado para um mar doido e sem volta.

Este post especial teve também a 
participação da Lilian Kate Mazaki, 
que ajudou na concepção do mesmo!

Até logo!

O Kono-Ai-Setsu está com você, no Facebook, no Twitter e no Tumblr

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça a autora do Kono-Ai-Setsu, visitante...
Se-chan
Se-chan, uma jovem que luta pelos seus sonhos e os tem concretizado. Adora obras do tupo yuri, shoujo-ai e similares. Imagina casais em animes como ninguém. Trabalha muito bem com imagens e está sempre auxiliando a pessoa especial ao seu lado.

Conheça a autora do Kono-Ai-Setsu, visitante...
Lilian Kate Mazaki
Lilian Kate Mazaki, uma jovem que não consegue deixar o seu cérebro descansar. Adora literatura. Fã de sci-fi. Cria personagens e histórias, como o Bouken-Ni. Fundadora do NUPO Cooperação Criativa. Gosta muito de obras shoujo-ai e yuri. Também muito ajuda a pessoa especial ao seu lado.

  • 2Blogger
  • Disqus

2 Comentários

  1. Devo dizer-lhe que seu post foi deveras interessante, deixou bem claros algumas nomenclaturas sobre Shipp e umas histórias das quais eu nem tinha conhecimento,me perco muito no Shipp Yuri (kkkkkkkkkkkkkk).
    Bom saber da existência desse seu blog :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Jovem, o Kono-Ai-Setsu é referência no Brasil dentro do universo shoujo-ai e yuri. Vale muito a pena visitá-lo, totalmente.

      E sim, as nobres amigas fizeram um ótimo trabalho neste post. É muito gratificante saber de vosso apreço sobre tal.


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons