Uma opinião sobre Free! Eternal Summer... ~ Netoin!

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Uma opinião sobre Free! Eternal Summer...

O logo da obra que será o tem deste guest post.
Uma leitora opinando com veracidade...

Chamar convidados para tecer suas opiniões sobre animes e mangás é uma ideia que, gradativamente, ganhará mais espaço aqui no NETOIN!. É muito bom saber que existem pessoas dispostas à expor seus pontos de vista sobre uma obra, ocorrência ou o fandom em si. E neste momento, uma conhecida jovem uma vez mais estará aqui opinando sobre um título do qual ela tem grande apreço.

A nobre Maria Beatriz, que em outras oportunidades já apresentou sues textos nesta humilde casa na internet, volta à chamar você para mais uma troca opinativa. E trata-se, logicamente, de Free! Eternal Summer como pauta central e bem focada. Como integrante do dito público alvo do anime em si, ela irá mostrar na sequência como que se deu a avaliação pessoal do citado anime, pontos positivos e negativos e lançará, inclusive, algumas questões bem propositais no ar.

Desta forma, sinta-se convidado à acompanhar o post da jovem Maria Beatriz, nobre visitante. E sinta-se á vontade para opinar assertivamente sobre o trabalho dela.

Uma opinião sobre Free! Eternal Summer
por: Maria Beatriz
siga-a no Twitter: clique aqui

Na piscina...
E aqui estou mais uma vez, graças ao Carlírio, fazendo um guest post sobre Free!. A segunda temporada acabou. Satisfatória para uns, decepcionante para outros. Pessoalmente, eu diria que teve um pouco dos dois. Lembro à você também de que, como se trata de um post opinativo, haverão alguns spoilers sobre certas passagens da história, embora eu tenha tentado maneirar.

Para começar, tenho que dizer que curti muito as semelhanças às cenas iniciais da primeira temporada que fizeram no começo desta. Makoto ajuda Haru a se erguer da banheira, que logo coloca um avental sobre a roupa de banho. Isso soa familiar? O anime inteiro faz essas ligações com cenas da série passada, o que foi muito legal, até porque remetem ao fanservice e a certos casais. Essa da qual falei agora, por exemplo.

Free! Eternal Summer começa assim e acaba de igual forma. Uma alusão tão forte e descarada à Makoto junto do Haruka que, em apenas alguns episódios, cheguei à conclusão de que o Makoto é muito mais ideal ao Haruka do que o Rin (com quem o ‘shippava’ intensamente na primeira temporada). Engraçado pensar que uma das coisas mais características de Free! passou a ser também uma das que mais me irritam: o excesso de fanservice de múltiplos casais. O anime tem tantas possibilidades de casais quanto Kuroko no Basket e Hetalia!. Pense, agora, na grande quantidade de panelinhas que isso cria no fandom.

As possibilidades eram muitas, insanas até. Dentre elas posso citar Mako com Haru, Rin com Haru, Mako com Rin, Rei com Gisa, Sou com Rin, Sou com Haru, Sou com Mako, Rin com Rei, Mikoshiba com Nitori, Rin com Nitori, Nagisa com Nitori, Makoto com Kisumi, Kisumi com Haru, e tantas outas possibilidades que até confundem. E a estória tem alusão a todos esses casais, ao meu ver. Não sei se são as fujoshis que veem coisas demais, se é a novel da qual se deriva Free! que coloca conteúdo pra tanto ship ou se é a própria Kyoto Animation que o faz. Provavelmente os três ideias estejam corretos.

Não estou tirando dela o direito de fazê-lo, claro, pois estou falando do maior fanservice yaoi dos animes. Porém, julgando pessoalmente, essa enorme quantidade de casais pode incomodar. Sinceramente, os motivos pelos quais as fujoshis gostam de alguns dos possíveis enlaces citados me parecem infundados. O Nagisa às vezes ri e enche a paciência do Nitori? Sim, isto é até bem legal de se ver. Mas imaginá-los juntos apenas por causa disto dá a impressão de ser muito estranho e sem sentido.

Um cenário vislumbrante...
Enfim, é apenas a minha opinião sobre a questão dos casais imaginativos e você não precisa levá-la à sério demais. Ressalto novamente que não considero que Free! tenha piorado por ter mostrado mais fanservice em Eternal Summer do que na primeira temporada que, em si, tinha menos pois era um tipo de “experimento”. Com a segurança de lucro certo nessa segunda parte, vieram mais casais, e consequentemente mais produtos pra vender. Ponto.

Quanto ao desenvolvimento da maioria das personagens, achei bem satisfatório. Até mesmo a polêmica mudança de pensamento e atitude do Haru (isso deu o que falar pelo fandom). Como o Carlírio já falou nos seus posts semanais, Free! Eternal Summer focou muito mais no término da vida escolar de certos personagens e nos caminhos que todo o elenco seguiria no futuro. Suas incertezas, vontades e conflitos. Bem adequado, Makoto, Haruka e Rin estavam no terceiro ano, afinal.

Começando pelo Makoto, que julguei ser tão próprio ele ter decidido se tornar professor de natação, maios do que qualquer outra coisa. Essa carreira grita “Makoto Tachibana” e todo o drama envolvendo essa questão foi bem feitinho, até porque envolve a indecisão do Haruka quanto à carreira também. Imagino que todos esperavam que ele, Haruka, fosse para a natação profissional, mas o rapaz queria apenas nadar  no modo “free” (sem responsabilidades) e por seus amigos.

Muita pressão alheia, brigas com os colegas (Makoto e Rin que o digam) e no final, em sua viagem à Austrália com Rin, o Haruka notou que a natação profissional é o ideal para si. Além disto ele arranjou um sonho para realizar (que coincidentemente era o mesmo que o do Rin). Muitos se indignaram com a decisão que o Haruka tomou. Em parte até concordo, pois se em um episódio ele não queria saber do futuro e no outro já pensava em ser o primeiro nos pódios internacionais é uma grande mudança de ideia para tão pouco tempo para pensar nela.

Revi algumas passagens do anime e, na primeira delas, ele falou algo interessante: “Depois que você mergulha [na água], ela irá mostrar suas presas e atacará[...]. Mas não há nada a temer. Afinal, a água foi domada, [...] debilitada e neutralizada. Para mim... Isso não basta”. Isso que falta pra ele é a adrenalina das competições, unida à vontade de vencer e a dominação total daquele universo aquático que ele sempre vislumbrou e desejou. Como você pode imaginar, esta frase (e mais algumas ao longo do anime) mudaram a minha perspectiva sobre o Haruka, cujas mudanças pareceram  ser muito rápidas nos últimos episódios do anime.

Quando me veio a informação de que inseririam na segunda temporada outro personagem (o Sousuke) oriundo da novel na qual o anime é inspirado, chamada High☆Speed!, fiquei meio insegura e não nego esta afirmação. Era mais um para se juntar ao protagonismo do qual Haruka, Makoto, Rin, Nagisa e Rei faziam parte, uma vez que era em torno do senhor "nado livre" que se desenvolveria o ápice. Surpreendentemente, ele foi se mostrando cada vez mais apenas um coadjuvante, enquanto as dúvidas do Haruka sobre a sua carreira se destacavam mais. Seu papel foi objetivo e, embora tenha querido que no final uma amizade entre ele e o Haruka crescesse, gostei do final que o Sousuke teve no anime, achando-o bem apropriado.

Ainda tem o Kisumi, outro personagem retirado da novel High☆Speed!, cuja função foi mais fechada ainda, restringindo-se mais ou menos à decisão do Makoto quanto ao seu futuro (sendo que após isso ele mal apareceu novamente). Não se seguiu o enredo original nestes momentos, mas as cenas sugestivas de Makoto com Kisumi e Haruka com Kisumi, acabaram sendo bem desnecessárias, em minha opinião.

Olhares voltados ao fandom do anime...
Os personagens que ainda tinham mais tempo no Ensino Médio evoluíram muito também. Nitori tornou-se capitão (o que é muito legal, porque ele é geralmente inseguro e longe de ser um prodígio), Momotarou mostrou ser um dos melhores personagens da série inteira (super carismático e divertido como um irmão mais velho). Rei aprendeu a nadar em todas as modalidades e amadureceu muito (se não me engano ele se tornou o capitão do time de natação após a saída do Makoto) e quanto ao Nagisa faço questão de falar um pouco mais sobre ele.

Quem me conhece bem, sabe que o Nagisa é o meu xodó de Free!. Se eu pudesse incorporar um personagem deste anime na vida real, seria justamente ele (poderia ser o Hinata Shoyo de Haikyuu!!. Esse loirinho, que sempre tem um sorriso no rosto e algo engraçado para dizer, também passou por muitas adversidades, como as notas baixas, a falta de estudo e a grande cobrança dos pais. Alguns acharam que a dramaticidade foi demais para algo tão trivial, mas sinceramente não penso desta forma. Se fizessem algo mais sério e grave ficaria apelativo demais e destoaria um pouco do clima ao redor do personagem. E depois, trata-se do Nagisa, sendo ele naturalmente dramático (ele é um astronauta e tem amigos alienígenas na sequência final, o que chama a atenção de tão absurdo que foi).

Falando no encerramento, sempre me surpreendo com a atenção que a staff de Free! teve sobre os fãs e seus gostos. Este final, em um minuto e meio, resume tudo que pode definir o fandom da série. As imagens inteiras consistem, basicamente, nos personagens incorporando diversas profissões, bem ligadas às suas personalidades. Desde bombeiros e policiais até astronautas e um “sereio”. Esta staff olhou muito bem os fanarts rolando pela internet, porque o Haruka como sereia e os demais como policiais eram grandes fantasias das fujoshis. Sem falar que a música é divertidíssima e combina muito com o ambiente. A abertura é super legal também e muito melhor que a da primeira temporada, mas foi completamente eclipsada pelo estouro que foi o encerramento.

Se me perguntar quanto a possibilidade de existir uma nova temporada, digo que é uma questão complicada. O nome “Eternal” no anime sugere que não. Makoto, Rin e Haruka já partiram para a universidade enquanto o restante dos personagens continuam no colegial, o que daria uma separação de ambientes demais entre todo o elenco. Não sei como se desenvolveria uma trama assim, embora fosse interessante averiguar. Uma continuação continuaria vendendo, e como a novel ainda está em publicação, conteúdo é o que não faltaria (ao menos assim penso). Porém, para mim acabariam por essa segunda e ponto. Uma terceira temporada poderia ser proveitosa, mas uma quarta já seria apelação demais e bem desnecessária.

Neste momento, o que eu quero mesmo é ler a estória original (a da novel). Ela começa antes mesmo do Makoto e do Haruka conhecerem o Nagisa. Existem diferenças interessantes entre ela e o anime. Soube que o Haruka é uma pessoa completamente diferente de um para outro. Só ouvi coisa boa sobre High☆Speed! e, para quem está se sentindo órfão do término da série é uma ótima opção para quem quer conhecer mais sobre ela. A pergunta que ronda todo o fandom é sobre qual será o próximo anime no estilo de Free! que a Kyoto Animation trará.

Agradeço novamente o Carlírio pela oportunidade de 
expressar a minha opinião aqui no NETOIN!
Espero que você tenha gostado muito deste post.

Momentos do anime, por Maria Beatriz...


"O Rin como policial rebolando ao final da ending deu o que falar. 
Tanto doujinshi e fanart derivaram dela que chega até a impressionar."


"Rei com Nagisa é o porto seguro do fandom. O único ship que chega a 
se aproximar de 'fixo'. Os episódios intercalam em variadas trocas 
de fanservice dos casais. Mas todos eles têm Rei e Nagisa juntos."


"Para mim, uma das cenas mais bonitas de ambas as temporadas. 
Um dos momentos de fanservice MakotoxHaru mais descarados também! 
Sinceramente, parece uma cena de declaração de shoujo (não que eu esteja 
reclamando, pelo contrário). Engraçado pensar que a primeira temporada 
fazia mais alusões ao Haru com o Rin, e agora ao Haru com o Makoto 
(outra amostra de que a staff presta muita atenção nos gostos do fandom)."


"As famílias dos quatro protagonistas reunidas! 
Esta cena me encheu de felicidade, não sei ao certo porque. 
Adorei as semelhanças entre os garotos e seus pais."


Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 0Blogger
  • Disqus

Deixe o seu comentário

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons