[N! 9 Anos] Assista Go! Princess Precure você também... ~ Netoin!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

[N! 9 Anos] Assista Go! Princess Precure você também...

A digna chamada.
Olá para você, aqui no NETOIN!...

Aqui é a Melissa ("Melzinha" entre os amigos) do blog Gliter Lovely. A convite do amigo Carlírio Neto, estarei realizando um pequeno resumo do anime Go! Princess Precure, que ainda encontra-se em andamento no Japão.

A proposta que tentarei trazer é apresentar o anime (para quem não acompanha) buscando ressaltar os bons aspectos. E se você estiver antenado com esta série, também poderá participar e relembrar as cenas marcantes até então.

Pois bem, Go! Princess Precure teve sua brilhantíssima estreia no dia 1 de fevereiro de 2015, sendo ela a décima primeira franquia da série a ser exibida. Produzida pela Toei Animation, o anime conta atualmente com quarenta e três episódios já exibidos nas telinhas nipônicas, tendo uma estimava de encerrar-se com até cinquenta episódios.

Sinopse

As guerreiras do início desta série.
Há muito tempo atrás, Haruno Haruka conheceu um misterioso jovem chamado Kanata. Ele a entregou uma chave “diferente” e pede para que a garota nunca desista de seus sonhos. Alguns anos depois, a Haruka está com treze anos e ingressa na Noble Academy, um tipo de internato para garotos e garotas. O verdadeiro sonho dela é tornar-se uma princesa.

Logo, ela se depara com dois mascotes chamados Pafu e Aroma. Tais criaturas são fadas que vieram de Hope Kingdom, mas foram perseguidos por monstros e acabaram fugindo para a Terra. Com o item “Princess Perfume” a Haruka transforma-se em uma Precure, afim de proteger todos os sonhos da terrível bruxa Dyspear e seus subordinados, sendo eles Close, Shut, Lock.

A partir daí, Kaidou Minami (Cure Mermaid), Amanogawa Kirara (Cure Twinkle) e mais adiante Akagi Towa (Cure Scarlet) aliam-se a Haruno Haruka (Cure Flora), para juntar as chaves que abrem as portas dos sonhos e assim protegê-los do desespero.

Pontos positivos

Go! Princess Precure (divulgação).
Go! Princess Precure possui uma temática muito versátil e carismática. Suas personagens demonstram a ligação e combinação que há entre elas. De fato, foram bem elaboradas em todos os sentidos, levando em conta a personalidade, vestimenta, estilo de cabelo, dentre tantas outras características.

Outro ponto que me chama a atenção são os vilões. Principalmente Shut e Lock, que desempenham bem os seus papéis. Ao mesmo tempo que trazem alegrias e risadas ao público também nos colocam “medo”, graças às suas perversidades.

Já sobre o Close, no começo da série não há muito do que se abordar sobre ele. É um personagem sem “água e sal”, não me causava nenhum “temor” ou “curiosidade” (era apenas um ser que fazia grandes caretas como qualquer outro vilão). Lá pelo meio da série ele ficou mais evoluído e ganhou novos poderes. A partir daí pode-se dizer que houve um progresso nele, dentro do anime.

 Go! Princess Precure (divulgação).

O Príncipe Kanata é um importante personagem que incrementa a série. Além de ser irmão da Towa, Haruno Haruka possui uma queda pelo príncipe (nada mais justo que uma princesa esteja apaixonada por um príncipe, não é mesmo?). Tal personagem ainda mostra-se muito preocupado com os acontecimentos em seu reino, portanto (e diferentemente das temporadas antecessoras) o príncipe luta ao lado das Precurees no campo de batalha.

Os CGs são muito bem feitos e possuem um alto grau de investimento do estúdio que o criou (diferente de outras obras animadas da Toei). As lutas e transformações, que costumam exigir detalhes dos vestidos, são perfeitamente bem elaborados. Nos encerramentos também existe CGs por toda a parte (que mesmo assim encontram-se em boa qualidade de movimentos e poses).

Confira alguns destes momentos nos vídeos abaixo (via YouTube)

Pontos negativos

A animação tradicional e em CG, lado a lado.
Para mim é difícil ter que pontuar algo negativo da franquia Precure. É  óbvio que existe, mas não é nada fácil. Na série anterior a esta (Happiness Charge Precure) era bem visível que haviam erros imensos na animação como um todo, mas isso não a transformou em uma das séries que menos gosto. Pelo contrário, eu recomendo (mas tenha uma boa cadeira para sentar-se, pois há falhas gritantes na animação).

Algo que poderia pontuar como falha da Toei Animation é a animação. Go! Princess Precure também teve cenas bem mal produzidas no quesito rostos e expressões. É claro que não foi extremamente parecido com o Happiness Charge Precure, mas ficar bem atento é importante.

Ou seja, o fantasma da animação precária deixada pela série anterior causou-me receio de que volte a se repetir. É visível que a Toei Animation deu uma pisada na bola ao transmitir aqueles episódios. Go! Princess Precure, até agora, não chegou neste nível.

Bônus - Produtos da série Go! Princess Precure...
Clique nas imagens para vê-las em tamanho real


"Esta PafuPafu está uma graça!"


"Uma coleção completa!"


"Coloquem as suas chaves e transformem-se em Guerreiras Precure!"


"As mini Guerreiras Precure!"


"Coloque a sua tiara preferida no cabelo!"


"Nos videogames, as Guerreiras Precure fazem igual sucesso!"


"Nada precisa ser disto sobre esta Cure Flora Elegant..."


Obrigada à você que acompanhou estes meus 
comentários e pequenas opiniões.
Infelizmente, não é possível colocar tudo o que gostaria em um post só. 
Dei o melhor de mim para relatar os principais fatos que englobam a franquia.
Go! Princess Precure é uma série belíssima. Recomendo para todos 
que tem apreço por mahou shoujos e afins.
Abraços. 

Agradeço em especial ao dono do NETOIN! pelo convite.


Boas festas! Gokigenyou!

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça a jovem convidada, visitante...
Melissa Mascarenhas
Melissa Mascarenhas é criadora do blog Gliter Lovely. Uma jovem que estuda muito, é responsável e também possui um talento nato para desenhar e pintar. Adora um bom mahou shoujo, em especial a franquia Pretty Cure.

  • 2Blogger
  • Disqus

2 Comentários

  1. Go! Princess Precure tem se mostrado uma série muito bem construída, com personagens simpáticas e uma história bem elaborada, sem soluções óbvias.

    É certo que existem falhas na animação, muito devido às rígidas restrições orçamentárias impostas pela Toei, mas também existem aqueles episódios com a qualidade de um especial de cinema. Notadamente as lutas contra os chefes (Twilight, Close, Shut, Lock e Dyspear).

    No total foi um bom resumo da série, levantando os pontos principais. E mais uma vez fico feliz em ver a franquia ser abordada em um Blog daqui do Brasil. Por muito tempo ela ficou à sombra e agora chegou a hora dela conquistar seu lugar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Rapaz, não tenho coragem alguma de discordar da sua pessoa.
      Realmente, Go! Princess Precure é tudo isso e ainda muito mais.

      Falhas existem, ainda mais com as restrições da área. Mas o anime, ainda assim, tem sabido se sobressair com muita responsabilidade e alegria.

      A amiga Melissa se saiu muito bem no texto dela, para não perder o costume mais do que digno.
      E sim, nobre, eu gostaria que mais blogs/sites tratassem Pretty Cure como a série merece.

      Muito agradecido, uma vez mais, pela sua visita e comentário.


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons