[Semanal] One Punch Man #12 (Final): o poderoso herói ~ NETOIN!

domingo, 20 de dezembro de 2015

[Semanal] One Punch Man #12 (Final): o poderoso herói

A chamada derradeira.
Você é forte!

Se o episódio onze havia deixado um gosto amargo (mesmo que na mínima potência) em razão dos desdobramentos de tal, o capítulo final seguiu o caminho completamente oposto. Amigo visitante, uma certa sensação de dever mais do que cumprido apareceu neste encerramento de One Punch Man. Por mais que algumas características e dados do enredo não tenham sido devidamente completados, as aventuras de Saitama e companhia, ainda assim, entregaram algo acima do que esta obra visava prometer em seu início.

Basicamente, os vinte e quatro minutos deste capítulo foram esplendorosos. A luta derradeira foi digna, honesta, vistosa e muito chamativa. Por mais que alguns momentos dela tenham soado um tanto quanto estranhos (sabendo que é impossível respirar na Lua), a obra teve desenvoltura e carisma mais do que suficientes para entregar um final que, para este humilde blogueiro, supriu as expectativas que existiam acerca do anime.

Os heróis de nível S mostraram, infelizmente, que o trabalho em conjunto no episódio anterior foi algo realmente raro de ocorrer. Isto era bem esperado. A Tatsumaki e sua incrível educação, alinhada a uma consideração majestosa para/com os seus companheiros (sinta a ironia chegando até você nesta frase), mostrou bem o quanto a citada afirmação foi verdadeira. O Genos, que pouco havia aparecido no capítulo anterior, agora teve uma participação ainda maior. Além disso, o ciborgue que é aprendiz do Saitama ganhou um rival (mesmo que via recado de terceiros).


Fragmentos imprescindíveis do combate entre Saitama e Boros.

Um certo e prestigiado herói de nível S mostrou ainda estar vivo. Enquanto isso, o guerreiro que lidera o bloco do nível A apareceu inconformado, bravo e totalmente desapontado com os seus colegas de profissão um nível acima. Palavras fortes acabaram sendo proferidas por ele que, não contente com isso, mostrou possuir uma incrível falta se sensibilidade e um coração bem gélido. Ao que tudo pode vir à indicar, a Associação de Heróis terá um trabalho extremamente árduo pela frente.

Mas o ponto culminante foi a luta entre Saitama e Boros. Como se o combate em si já não fosse crível o bastante, a música entoada ao fundo foi deveras satisfatória, combinando amplamente com a situação e fortalecendo o apelo neste momento do episódio. Entre os golpes desferidos pelo grande herói e também do poderoso alienígena, se pode afirmar que amplos complementaram-se. O terráqueo pareceu ter, finalmente, encontrado alguém que o desafiasse ao limite. Mas, ao se assistir com calma tal embate, foi possível notar que a verdade destoou um pouco isso (para o bem maior da obra em si, sendo isto extremamente válido).

De toda a forma, One Punch Man entregou um final digno de nota. É um tanto triste saber que o anime não teve uma continuação divulgada, e que a mesma (caso um dia ocorra) deverá levar muito tempo para aparecer. Até lá, o mangá deste título (que será publicado no Brasil em 2016 pela Editora Panini) suprirá tal lacuna e ainda somará muito pela causa citada. Enquanto as chamadas da continuidade em sua versão animada não despontam, ficam válidas as lembranças dos eventos cômicos, sérios e hilários que fizeram parte desta obra, além de todo o carisma emanado pelo seu descompromissado e poderoso protagonista.

Série mortalmente séria! Socos sérios!

Momentos...
Clique nas imagens para vê-las em tamanho real



"Combates em andamento. E uma expressão enigmática para o lado..."


"Quando o Genos recebe um crucial aviso..."


"Cenas até então inimagináveis..."


"Saitama leva um soco e..."


"E na Lua, Saitama brinca com a gravidade e tem uma ideia..."


"Um soco normal, seguido de uma sequência dos mesmos..."


"Resultado da 'Série mortalmente séria! Socos sérios!' do Saitama..."


"O herói nível A e o início de uma encrenca com os heróis de nível S..."


"Uma surpresa e o disparate contra a Tatsumaki..."


"O resultado final do disparate contra a Tatsumaki..."

A avaliação final de One Punch Man...

Eis o logo em sua aparição final.
Verdades à postos...

One Punch Man é a versão animada dom mangá que carrega  tal nome. Sua concepção provém de One, seu criador (com uma webcomic iniciada em 2009 e a publicação de um mangá pela Jump Comics, que iniciara em 2012, estando ambas em andamento). A versão animada das aventuras de Saitama e companhia foi entregue para as mãos da Madhouse (que também esteve à frente de Akagami no Shirayuki-hime, por exemplo), sob a direção de Natsume Shingo.

Ao longo de seus doze episódios, o anime soube entreter acima da média, cravando de maneira certeira as expectativas de quem aguardava por sua exibição (e também de quem nunca tinha ouvido falar da obra, ou lido seu mangá). Toda essa exatidão foi resultado de algo levado adiante com base na simplicidade (caprichada e bem feita) e no chamado tom irônico com o qual certas partes do enredo foram tratadas. O termo "heroísmo" ganhou uma concepção mais fácil de ser compreendida, alinhado a um protagonista extremamente carismático e um grupo de personagens que, na total seguridade, dividiram sordidamente os gostos de minha pessoa em odiar alguns e gostar de outros, da maneira mais irredutível possível.

O trabalho técnico por detrás deste anime foi, sem dúvida alguma, digno de elogios. Cenários e personagens combinaram perfeitamente. A movimentação foi suave. O desenho do elenco, inclusive, foi simplório e direto no ponto. A atuação de quem dublou tantos heróis e vilões foi também um ponto demasiadamente positivo, merecendo forte conotação aqui. Além disto tudo, a trilha sonora foi soberba e vibrante. Os temas de abertura (movimentado) e encerramento (tranquilo) encaixaram-se bem com a proposta deste título, sendo músicas que merecem ser ouvidas por repetidas vezes. Nisto podem-se incluir as melodias tocadas durante cada episódio, especialmente a do combates recentes e também a dos créditos no capítulo final.

Fragmento da luta entre Saitama e Boros.
Contudo, One Punch Man não foi perfeito. É importante aqui ressaltar que, em seus três episódios iniciais, existiu uma certa desconfiança de uma parte do público quanto à manutenção por detrás de toda a simplicidade que envolvia o Saitama e sua ambientação. Soma-se à isto o fato de que, em certos momentos ao longo de sua exibição, o anime aparentou levemente estar "se repetindo". Mas, nobre visitante, a minha pessoa lhe diz com toda a sinceridade que nenhum destes elementos citados sequer ameaçou atrapalhar a experiência de entretenimento ofertada pelo anime, desde o seu ponto inicial. E isto merece ser pautado na medida.

Desnecessário aqui mensurar que One Punch Man merece, com justiça, ser colocado no grupo dos melhores animes de 2015 (no caso do NETOIN!, a certeza de que ele estará no top'5 é evidente). A obra soube divertir, prender a atenção e cativar de uma maneira harmoniosa e justa. Se existiam dúvidas de que este anime merece uma recomendação alta por parte deste lar na internet, então as mesmas devem ter sido sanadas na totalidade.

Ainda assim, por mais que os comentários semanais regulares deste anime tenham se encerrado aqui, os OVAs serão comentados no NETOIN! para você, nobre visitante. Inclusive, o primeiro capítulo de tal sequência já foi aqui resenhado (e pode ser visualizado ao clicar aqui).

Saitama, o grande herói por hobbie e profissão, agradece pela sua atenção!


One Punch Man
Temporada: outubro'2015 / Total de episódios: 12

*** avaliação final: 9,0 pontos de 10,0 possíveis ***


"Enfim, o Saitama disse a um de seus oponentes que tal é forte..."

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 2Blogger
  • Disqus

2 Comentários

  1. Bem que Dragon ball super podia aprender com One punch man, e parar de passar vergonha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Devo concordar contigo, rapaz.


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - NETOIN! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons