Novidade no Crunchyroll: mangás online chegando ao Brasil! ~ Netoin!

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Novidade no Crunchyroll: mangás online chegando ao Brasil!

Uma nova chamada com destaque para o Crunchyroll.

Serviço online começa a aparecer no Brasil e em Portugal.

Nobre visitante, no mês de outubro de 2013 o NETOIN! apresentou para você dois posts sobre uma novidade que o Crunchyroll estava lançando na época . O informe dizia respeito diretamente à leitura de mangás online, todos eles sendo de títulos publicados no Japão pela editora Kodansha e que chamavam a atenção de uma forma bem interessante.

Dicas de leitura aqui no NETOIN!

Na ocasião que se fez citar nos posts mencionados acima, o serviço de leitura online havia chegado para mais de cento e setenta Países, porém um grupo de nações ficou de fora deste lançamento. Internautas da Espanha, da Alemanha, da França, do México e do Brasil, por exemplo, não tiveram acesso imediato à tal investida por parte do Crunchyroll (vale ressaltar que outros Países também ficaram ausentes ao início de tal serviço).

Imagem da chamada do lançamento do serviço de leitura online no Crunchyroll, em outubro'2013.

Eis que na data de hoje, 27 de janeiro de 2014, o serviço começou à aparecer para os usuários brasileiros e portugueses do Crunchyroll. Este é um marco que merece ser considerado e aqui divulgado, pois a premissa da leitura online de mangás já existe há muito tempo e, com tal ação, o conhecido portal de streaming para animes e doramas passa à investir na busca pelos leitores de tais localidades do globo.

É necessário, contudo, que você fique à par de algumas informações importantes antes de quaisquer tipo de ação, nobre visitante. E a primeira delas diz respeito justamente ao idioma no qual está traduzido os mangás presentes no Crunchyroll.  Este é um dado de grande importância neste início de implementação dos serviços de leitura online por parte do citado site.

Todas as obras estão em inglês e, ao menos de momento, não há uma informação sobre se e quando tais títulos serão traduzidos para o idioma português. É importante salientar que a linguagem inglesa é a única na qual os mangás estão presentes no Crunchyroll, o que indiretamente faz pensar no porque de Países como Brasil, México, Alemanha, Espanha, França e vários outros terem ficado de fora no lançamento oficial, em outubro'2013.

Leitura de mangá online no Crunchyroll, no caso, da seção "Beco do Artista" (divulgação).

Contudo, é conveniente pensar que exista um ensejo por parte dos responsáveis pelo site de streaming para que, em dado momento, outros idiomas possam estar presentes nos mangás em disponibilidade para leitura no mesmo. De antemão é seguro afirmar que tal trabalho ainda deverá demandar algum tempo para que se torne verdadeiro, mas o mais correto é que todos fiquem no aguardo para maiores novidades, que deverão surgir.

A segunda informação importante diz respeito aos valores e acesso à leitura de mangás online. Já eram liberadas desde o início a leitura de obras presentes nas seções "Beco do Artista" e "ComiPo", que são mais voltadas para autores novatos e afins (você mesmo pode enviar as suas obras ao Crunchyroll para serem publicadas na primeira seção citada) sendo que, para tais, a leitura não exige nenhuma assinatura. Mas isso difere bastante quando o assunto passa à ser a leitura de obras com publicação mais consolidada.

O acesso para ler as obras presentes no Crunchyroll (cuja listagem pode ser aqui conferida) exige uma assinatura. De momento, a melhor forma de você ter acesso aos mangás online do site em questão é sendo um assinante total do mesmo. Isto porque muito embora exista um plano apenas para se ler os mangás online, o fato do mesmo ser ofertado unicamente no idioma inglês pode fazer com que potenciais usuários não se arrisquem com tal empreitada neste primeiro momento.

Orange é um dos mangás disponíveis para os usuários brasileiros (divulgação).

Como já foi citado no início deste post, o NETOIN! já havia apresentado para você quais seriam os valores à serem praticados com a chegada deste novo serviço ao Crunchyroll (reveja aqui). Saiba agora que as cifras reais diferem um pouco, muito embora ainda sejam vistas em Dólares norte-americanos. Mais abaixo você terá uma pequena síntese  sobre como ficou tal distribuição nas mensalidades, nobre visitante.

* assinatura premium animes: US$ 4,99 ;
* assinatura premium doramas: US$ 4,99 ;
* assinatura premium mangás: US$ 4,95 ;
* assinatura premium combo animes e doramas: US$ 8,49 .

É provável que o portal de streaming em debate apresente, muito em breve, um plano de combo geral (em outras palavras que envolva os animes, doramas e os mangás disponíveis no mesmo). Entretanto (e neste momento inicial), minha pessoa se deparou com uma tela sobre a assinatura combo (de US$ 8,49) sendo a necessária para que os mangás possam ser lidos online através do site. De toda a forma, aguardar por novas informações se faz necessário.

Uchuu Kyoudai é uma das obras disponíveis para usuários brasileiros (divulgação).

Com tais informações presentes é possível estabelecer um novo patamar, no qual a leitura de títulos online acaba sendo uma grande premissa, no que visa atender a demanda de um novo público para o site. Contudo algumas dúvidas ainda são pertinentes pois, à princípio, é natural ponderar sobre como as editoras que publicam mangás no Brasil reagirão com base em tal informação oriunda do Crunchyroll. Deve-se aqui recordar do trabalho feito por muitos scanlators, que com certeza não deve ser esquecido e que também pode ser servido de base (como referência ou modal).

Ainda é cedo para ase afirmar que a empreitada terá sucesso ou não entre os usuários brasileiros do Crunchyroll. Mas isso não diminui a importância da notícia, que merece ser levada em consideração e comemorada com precisão. Pode-se aqui ressaltar que se trata de um novo caminho que aparece, uma novidade que surge quanto à leitura online de maneira oficial, mas que merece ser analisada e olhada de perto com atenção, muito em razão das características sobre a mesma que se fizeram presentes ao longo deste texto.

Nobre visitante, o canal está oficialmente aberto para você neste momento. Opine sobre o que pensa acerca deste assunto, como você visiona esta empreitada que chega ao Brasil e, além disto tudo, como que o futuro da leitura online pode ser encarada à partir disto.

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 4Blogger
  • Disqus

4 Comentários

  1. Olá!!

    Essa notícia é interessante. E é aí que vem a dúvida. Por que as pessoas passariam a pagar para ler mangás sendo que podem lê-los de graça também na web e em seu idioma local (no nosso caso, o português)...

    Não utilizo esses serviços simplesmente por uma opção. Pode ser que eu venha a fazer isso futuramente, mas no momento espero não ficar presa a esse tipo de leitura... e afins

    Obrigada por nos manter informados sobre o crunchyroll.

    Até mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      A diferença, creio eu, está na legalidade dos serviços, nobre Natália.
      Scanlators e fansubbers fazem um trabalho de fã para fã, o que é digno.

      A chegada de serviços online (não apenas do Crunchyroll, muito embora este sirva de pauta no momento) serve para engrandecer isto, com vontade e persistência.

      Da mesma que eu pago para ver os animes no Crunchyroll existem as pessoas que pagam para assistir filmes e seriados no Netflix, por exemplo. É tudo uma questão de ver a situação e assimilá-la como um tipo de viral para um futuro próximo, nobre Natália.

      Eu que lhe agradeço pelo comentário.^^


      Até mais!

      Excluir
  2. O único medo que eu tenho é que, tecnicamente, a Crunchyroll, para traduzir os títulos para PT-BR, precisa dos Direitos Autorais dos mesmos, isso empaque o mercado nacional físico no Brasil. Ok que o Crunchy deve trazer títulos que nossas editoras não trazem por aqui (como "Uchuu Kyoudai", que eu acho menos provável de sair do que "Ippo" ou "Major"), mas será que alguns outros não serão travados, como um futuro Sket ou Gintama?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Acredito que seu receio não procede, nobre, pois o Crunchyroll trabalha com leitura online de mangás que são publicados em outros Países (em especial os Estados Unidos) e isso não fez a venda de tais despencarem.

      Acredito que seja uma questão de preferência da pessoa, entre a leitura online, a física e até por ambas.

      Tenho, por mim, que se o Crunchyroll começar a trazer mangás em português aí sim as editoras daqui terão de se preocupar é com outros fatores.


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons