Aldnoah Zero: Slaine e uma vertente... ~ Netoin!

sábado, 23 de agosto de 2014

Aldnoah Zero: Slaine e uma vertente...

O olhar do temor.
Um ponto de atenção para uma obra em especial...

Desde o seu primeiro episódio, Aldnoah Zero tem se saído como uma obra bem peculiar no quesito protagonismo. Este cargo, de maneira teoricamente elegível, está sob a batuta silenciosa e praticamente imune à qualquer expressão sentimental do jovem Inaho. Trata-se de um jovem terráqueo que se mostra como um grande combatente, articulando boas estratégias nos momentos mais precisos. Entretanto, a sua incrível falta de expressões faciais e de uma posição mais humana quanto à certos eventos o colocam, sem receio de engano, como um dos protagonistas mais mal vistos da temporada julho'2014 (sendo esta uma opinião baseada nas mais variadas leituras que podem ser observadas em posts - e comentários dos mesmos em especial - na blogosfera).

O anime apresenta, em seu contexto mais direto, uma personagem que é a pivô de todas as atenções. Trata-se da Princesa da Verns ou, se assim preferir, uma princesa marciana. Esta jovem nutre um sentimento quase único pela Terra, sendo esta a visão contrária que a maioria maciça dos marcianos nutrem sobre tal planeta. Ela anseia pela paz entre os dois povos que, muito embora sejam humanos em semelhança visual, possuem uma história repleta de conflitos entre si. E a Princesa em questão deve à um terráqueo, em especial, boa parte de sua paixão pelo pequeno planeta azul.

Com isso entra em citação o nome de Slaine. Jovem este no qual, anos atrás, caíra "acidentalmente" em solo marciano e teve a sua vida salva pela Princesa que, ainda garotinha, já demonstrava possuir laços humanitários deveras significativos. O rapaz acabou vivendo em solo marciano e sempre passara tudo o que podia sobre a Terra para a jovem da realeza de Verns. É bem possível aqui considerar que o garoto passara a nutrir algo acima de um simples sentimento de apreço pela moça em citação. Mas os movimentos atuais do anime não permitem, de maneira direta, que um possa voltar à se encontrar com o outro. A coragem e a lealdade são os maiores atributos de Slaine e, de maneira conclusiva, são características mais do que suficientes para colocar este personagem entre os mais apreciáveis da atual temporada de animes.

A explosão da raiva...
Quando o assunto remete ao episódio mais recente de Aldnoah Zero tem-se, enfaticamente, uma alusão totalmente digna e direta à coragem e lealdade do jovem Slaine. Se no capítulo anterior ele enfrentara uma terrível provação ao lado do Inaho, agora o rapaz tenderá à passar por penosos cataclismos em sua vida. Basicamente, o oitavo episódio deste anime não criou nenhum paradigma. De certa foram, apenas trabalhou com obviedades seguras e nada conflitantes. Mas houve uma segurança distinta nisto tudo. Cada tomada das torturas impostas ao Slaine ajudaram à provar isso.

"Terráqueo de merda, não tome a memória de Sua Alteza em vão!"
Conde Cruhteo ao se dirigir para o Slaine, em um momento de fúria...

Semanas anteriores à esta já haviam mostrado, sem muito esforço, que no alto escalão marciano existem pessoas dispostas à impedir qualquer possibilidade de reconciliação entre a Terra e Marte. Para que este anseio obtenha pleno êxito não se medem esforços. Mesmo que isto signifique, de maneira brusca e contundente, que membros da Realeza possam ser sacrificados em nome desta causa. O Conde Cruhteo, um dos primeiros à aterrissar em solo terráqueo após o atentado contra a Princesa de Verns, sempre teve um modo de pensar bem impactante sobre o Slaine (muito disto em razão do jovem originário da Terra). E logo após os eventos do sétimo episódio o Cruhteo pôde, enfim, realizar o que sempre desejara com o citado rapaz.

Mas este Cavaleiro de Verns não poupou Slaine em nenhum momento. Toda e qualquer tortura contra o rapaz era ainda pouca em sua visão. Além da fúria pessoal havia também a questão de algumas lacunas que incomodavam em demasiado o Cruhteo em seu raciocínio. Mostrando-se fiel ao seu propósito de guarda e lealdade como um todo, o capturado terráqueo em nenhum momento disse (diretamente) o que sabia. É bem verdade que o uso da tecnologia Aldnoah por terráqueos era equivalente a um imbróglio na mente do Conde em questão, mas a reação do Slaine acabou sendo ainda mais impactante para ele.

O sofrimento de um não parece ser compartilhado por todos...
Traçar diferentes limiares é algo possível, porém não é o foco do momento (sobre este post). A cada machucado em seu corpo, o Slaine sentia que estava cumprindo uma missão restritamente pessoal. E na medida em que torturava este rapaz, o Cruhteo ia percebendo que algo não estava totalmente certo. Duas vertentes ligadas intimamente que perfizeram, na totalidade, toda a mensagem singular deste episódio de Aldnoah Zero. E por mais que os momentos finais da seção de verdades e mentiras possa soar como legítima para alguns e forçada para outros, a verdade é que o diretor do anime conseguiu levar adiante a ideia lançada. Mas sob os olhares atenciosos de alguém, o próprio Cruhteo estava bem próximo de seu castigo.

"Todos da mesma laia. (...) Um povo fanático e louco que se atira em batalha
por melhores posições sociais. (...) Como confiar nesse tipo de gente?!"
Rayet, dizendo o que pensa sobre todos os marcianos...

Os povos da Terra e de Marte não se entendem tem longa data. O anime deixa este ideal devidamente bem lançado e aberto. E quando se fala em termos fortes de tratamento pessoal, é possível aqui conotar o quanto ambas as sociedades conseguem ser viris neste ponto. A jovem Rayet, uma estudante comum que teve sua vida transformada por causa do momento de guerra entre tais povos, finalmente aproveitou bem a oportunidade que lhe apareceu para dizer o que pensava de maneira sincera e direta. Tal como ela, inúmeros terráqueos assim pensam dos marcianos e vice-versa. Confiança e respeito não são atributos que se originam em um curto espaço de tempo mas, em Aldnoah Zero, parece que esta é uma prerrogativa que não possui quase nenhum ponto de interseção com final feliz.

De maneira direta, este anime parece querer trabalhar o emocional mais do que deveria. Isto não é algo necessariamente ruim, mas é um ponto de atenção à ser levado em consideração plena. De toda a forma, o oitavo episódio de Aldnoah Zero pertenceu ao Slaine, indiscutivelmente. Não é uma questão de pena mas sim de merecimento. É bem verdade que a palavra "crueldade" esteve ao lado deste personagem durante todo o capítulo, mas sou doutrina interior é tão digna de admiração e respeito quanto se pode presumir.

E o anime seguirá...

Momentos...


"O anseio em ouvir o que deseja não tem medição de esforços..."


"Uma lembrança reconfortante para o Slaine..."


"A paciência está próxima de se esgotar..."


"Não é um pedido por clemência, mas sim um algo à mais..."


"O objetivado olhar da ternura..."

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 0Blogger
  • Disqus

Deixe o seu comentário

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons