Volta ao Passado - O Juízo Final de Kinomoto Sakura... ~ Netoin!

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Volta ao Passado - O Juízo Final de Kinomoto Sakura...

A sombra de Yue.

Um episódio mais do que satisfatório

A edição passada desta seção mostrou a valia que uma personagem teve ao ingressar na estória de Sakura Card Captor, com ações próprias dignas de grande representatividade (sendo ela a Mei Ling, carinhosamente chamada de adorável tsundere pela Roberta Caroline nos comentários de tal texto). E no mesmo post em citação foi ressaltada uma característica deveras importante deste anime, estando tal presente em sua arquitetura e concepção de enredo (ambiente pacífico e dócil com momentos de acentuada manifestação de perigo e drama).

Desta maneira, é necessário ser feito um verdadeiro "salto" na sequência episódica do anime destacado. Até porque, após ter conseguido recapturar as Cartas Clow, a jovem Kinomoto Sakura ainda não havia encontrado a derradeira paz que almejava buscar, certa de que teria salvo o mundo de uma grande "terrível desgraça". O guardião Kerberos, agora em sua real e imponente forma, alertou a caçadora de cartas de que um grande teste iria se iniciar no momento no qual seu nome fosse escrito na última carta recém capturada.

Com tal fato indo adiante, eis que surgiu a figura gélida e séria de Yue, o juiz. Se o Kerberos era a representação do Sol, o recém chegado tinha a Lua como estrela de destaque. Tal qual o seu semblante fazia predizer, este ser não perdeu tempo com amabilidades. Ele fez o anúncio do Juízo Final e, sem maiores explicações, chamou o Shaoran Li ao combate (uma vez que o garoto havia capturado algumas das Cartas Clow). Impiedosamente derrotado, o jovem de Hong Kong só fez pedir à Sakura que tomasse muito cuidado uma vez que ele, Yue, era terrivelmente poderoso.

A preocupação da Sakura estava em não machucar o Yue.

Não haviam muitos segredos. Aliás, a necessidade disto era nula. Yue sentia grande saudade do Mago Clow e, no que dependesse unicamente dele, ninguém o substituiria naquele mundo. Nem mesmo a Sakura que, de maneira brilhante, conseguiu recapturar a maior parte das Cartas Clow (ante a pequena fração destas outorgada ao Shaoran Li). Para piorar um pouco a situação da pequena garota, a identidade falsa do juiz era Yukito, o alvo dos sentimentos da caçadora de cartas. Este fato (na tangente das identidades) não deixava a Sakura agir de acordo para uma luta plena e ela pensava, unicamente, em tentar não levar o seu Juízo Final adiante e nem tampouco machucar o Yue, que não a poupou de um grande castigo.

Infelizmente para a Sakura (e também aos demais que tiveram contato direto com as Cartas Clow) a "grande desgraça" que chegaria ao mundo não seria uma destruição, explosões em massa, guerras ou calamidades. Este acontecimento atingiria, pontualmente, o coração de cada ser humano que havia se envolvido, de quaisquer forma, com as cartas em jogo. Após ter dito isso à caçadora de tais objetos (com um ar de vitória em suas palavras) o Yue tinha a mais plena certeza do sucesso na contenda que, realmente, se aproximava dele com grande velocidade.

Neste meio tempo, a Sakura apenas lamentava o fato de que, se fosse derrotada ali pelo Yue, as Cartas Clow desapareceriam e levariam juntos os sentimentos mais profundos que uma pessoa pode sentir pela outra, algo como um carinho acima de qualquer suspeita. Não era uma visão de mundo cortês. Para a garota, era possível imaginar o quão triste ter seu cotidiano envolto por pessoas que estudam, realizam as suas tarefas normais do cotidiano, possuem seus laços sociais distintos mas que, de maneira fria e impactante, não sentiriam nada além do normal pelo semelhante que outrora era digno de sua mais ampla atenção. Desde um carinho fraterno de irmão mais velho por meio das brincadeiras, passando por uma amizade que estava na crescente desde a época do jardim de infância ou até um amor escondido entre duas pessoas com larga diferença de idade entre as mesmas. Todos estes casos, além de muitos outros, jamais ocorreriam.

Um mundo sem sentimentos especiais era a "grande desgraça" que nele cairia.

As pessoas iriam sorrir, cantar, conversar, marcar para sair. Trabalhariam, estudariam, cuidariam de seus entes diretos, mas não haveria nada emocionalmente acima disto. De uma maneira mais fria, minha pessoa caracteriza este tipo de ambiente como sendo habitado por pessoas que não passassem de meras cascas com pouco conteúdo interno. Cuidar da razão é deveras importante e presencial. Contudo, o cérebro necessita do amparo do coração (e vice-versa), o que cria um balanceamento justo, fazendo com que os humanos passem a agir de acordo com o que o momento pede para que seja feito. Independente de ser algo certo ou errado, a verdade é que isto varia para cada pessoa (livre arbítrio).

Ela, Kinomoto Sakura, não estava pronta para uma realidade tal qual foi exemplificada nos dois parágrafos anteriores à este. Entretanto, no auge de sua batalha ante o Yue, a jovem estava quase completamente derrotada. O fato poderia ter sido consumado em pouco tempo se não fosse a professora Mizuki e a chance derradeira ofertada pelo Mago Clow. À partir disto é que a caçadora de cartas pôde ter a chamada iniciação sobre o mundo que a esperava, caso saísse derrotada de seu Juízo Final.

Desta maneira, Sakura Card Captor provou (assim como outras obras) como um anime pode trabalhar de maneira chamativa os pontos mais sérios de seu enredo sem, necessariamente, mudar a abordagem padrão ou precisar apelar para certos tipos de subterfúgios. O Yue, mesmo com o resultado final de sua disputa ante a Sakura, não mudou seu comportamento (e sua linha de raciocínio também não teve acentuada alteração). Por sua vez, a pequena caçadora de cartas ficou ainda mais ciente de suas responsabilidades como a nova dona das Cartas Clow. É verdade que um novo e arriscado desafio aguardava por ela, Sakura, após o seu Juízo Final ante o Yue. Mas, naquele momento, a jovem protagonista mostrou que vencer seus próprios temores foi o maior passo destacado para, assim, levar o embate adiante até o resultado ser conhecido.

Esta foi uma disputa pelo sentimento...

Momentos...


Medo - a Sakura não acreditava no fato de Yue e Yukito serem a mesma pessoa...


Verdades - durante uma breve conversa, fez-se valer o alerta sobre o que representava o desafio do Juízo Final ante o Yue...


Intimação - Yue fez com que todas as cartas da Sakura aparecessem, intimando-a para a batalha de maneira direta...


Fúria - com seu semblante sério e rígido, o Yue não se sentia comovido com as palavras da Sakura durante a batalha...


Retribuição - a Sakura não queria machucar o Yue, mas ele não teve a mínima piedade com a sua oponente que, em si, ainda não acreditava no que estava acontecendo...


Proclamação #1 - Yue começa a alertar severamente a Sakura, de que a "grande desgraça" estava para chegar naquele mundo...


Proclamação #2 -  eis que Yue fala à Sakura do que se tratava a "grande desgraça". A garota ficou abalada e sem reação...


Visão - em sua mente, a Sakura teve algumas visões do futuro que a aguardava caso perdesse para o Yue. Jamais a Tomoyo trataria a caçadora de cartas apenas como uma conhecida ou abaixo de tal patamar, mas...


Aptidão - após tantas visões desfavoráveis, a Sakura conseguiu notar de onde vinha a sua força interior para o duelo que ainda se desenrolava, ante o Yue...

Sakura Card Captor - Episódio #46
"Sakura e o Juízo Final"


"Nem tudo está perdido! Vai dar tudo certo!"

Até a próxima!

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


Conheça o autor do NETOIN!, visitante...
Carlírio Neto
Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade de minha humilde pessoa.

  • 4Blogger
  • Disqus

4 Comentários

  1. Antonio Cassio Justino Santossábado, agosto 02, 2014 7:37:00 PM

    Vendo este post e o anterior, faz com que eu me lembre porque Card Captor Sakura é tão especial para mim, por suscitar sentimentos dos mais diversos, e por perceber como esta obra não envelheceu e foi tão bem tratada em nosso país, principalmente no que toca à dublagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Realmente, Antônio, tu citou duas características muito importantes em seu comentário: sobre o tratamento que o anime teve aqui no Brasil e no que tange ao fato da obra não ter envelhecido (desde a sua primeira exibição em nosso país, no ano 2001).

      E sim...
      Este é um tipo de anime que enche de sentimentos, alegres e/ou de nostalgia. Muito digno isso.

      Grato por seu comentário, nobre.


      Até mais!

      Excluir
  2. Sakura Card Captor é um dos animes dos quais eu programava o vídeo cassete para assistir. Saudades daquela época!!


    Realmente o Juízo Final provou que todo o anime valeu a pena, tanto pela percepção que a Sakura teve como sua reação a essa percepção, dando um ruma para a luta.


    Até mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Coincidência pura, nobre Natália, pois eu tenho comigo o VHS que gravei em 2001, quando eu assistia ao anime nas manhãs da Globo. A fita tem 24 episódios ao todo, gravado no modo de qualidade mínima (no qual a mesma fita passa a ter um espaço de 6 horas de gravação, sendo este o modo SLP).
      Mas, atualmente, a dita fita deve estar em um bolor...

      É verdade. Tudo acabou se seguindo de maneira propícia, na medida em que a Sakura notou o risco que corria (muito dito graças à nova chance dada por Clow para ela).


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons