Sonhos e realidade: o embate surreal de Paprika ~ Netoin!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Sonhos e realidade: o embate surreal de Paprika

A chamada para a reflexão...

Amigo visitante, seja bem-vindo uma vez mais ao NETOIN!. Espera-se que você realmente goste deste texto, que foi feito com muita atenção para o seu pronto entretenimento.

Tocar em um assunto que envolva sonhos e reflexão é demasiadamente complexo. A abordagem pode ser infinitamente extensiva, ao mesmo passo em que pode ser encurtada com poucas palavras focando apenas no básico. Desta forma, a review que se seguirá ( fazendo parte das comemorações pelo quinto aniversário deste humilde blog ), tentará transmitir um pouco deste ideal.

Uma obra animada de naipe elevado, contendo um choque cerebral intenso e as mais diferentes definições para a sua pronta abordagem. Sim, parece ser algo muito complexo mas, à bem da verdade, basta apenas uma pitada de atenção para notar como as coisas ocorrem nesta animação.

Caro visitante, à partir deste momento você é convidado à mergulhar em um universo no qual sonhos e realidade podem estar juntos, causando a mais pura descontração ou a anarquia generalizada. Desta forme, passe à conhecer um pouco mais sobre uma animação de nome Paprika.

Conceituando "o todo" da obra...

Kousaku Keita: um gênio, nerd e algo mais...

Uma pergunta muito prática faz-se entoar neste momento: o que significa o sonho para você? A resposta, que pode vir à ser fácil e difícil ao mesmo tempo, chama a atenção por outro aspecto. Este, por sua vez, ganha força e forma incontestáveis, independentemente da resposta obtida.

Explorar os sonhos, de forma eficaz e contundente, não passa de ilusão para alguns e uma realidade para outros. A ciência tem explorado isso enfaticamente. Enxergar tal afirmativa como sendo um exagero é perdoável e compreensível, mas ainda assim ela não pode ser ignorada. Até porque, na animação de nome Paprika, isso é explorado do início ao fim.

Na linha de tempo de Paprika, em um futuro bem próximo, a ciência conseguiu explorar os sonhos humanos de uma forma nunca antes imaginada. Graças aos estudos e à engenhosidade da Doutora Atsuko Chiba ( que contava com a mente do Doutor Kousaku Keita na equipe ), foi desenvolvido um estranho e interessante aparelho.

Atsuko Chiba: bela, inteligente e astuta...

Imaginar um equipamento que possa sondar os sonhos de uma pessoa, impreterivelmente, soa como sendo muito surreal. Mas para a dupla de especialistas, foi um objetivo alcançado. Graças ao DC Mini agora era possível vasculhar tudo o que se passava nos sonhos humanos.

A questão feita no início desta review ganha, aqui, um enfoque diferenciado. Pode-se pensar, por exemplo, que o DC Mini tenha o propósito de auxiliar as pessoas com algum problema emocional, pois conta-se que os sonhos revelam importantes segredos neste aspecto. Contudo, tal equipamento pode ser detentor de algum grave efeito colateral em quem o estiver usando, tomando por base um pensamento minimamente lógico.

Em Paprika, ambas as vertentes são mostradas de forma única e direta. Na animação não há muito espaço para o conhecido "meio termo". O enfoque está no envolvimento acentuado por detrás do manuseio do DC Mini, além da eterna questão sobre até aonde se faz permitir da ciência avançar, prol ou contra a humanidade...

Sonho versus realidade...

Paprika e o policial Konakawa perplexos: compreensível...

Infelizmente, para os doutores por detrás do DC Mini, o mesmo não está cem porcento completo. O equipamento apresenta falhas, por suposto bem sérias. Ainda assim, a Doutora Chiba utiliza-se do aparelho de uma forma ilegal para tratar alguns de seus pacientes, em especial um detetive da polícia de nome Konakawa.

Ao intervir nos sonhos de Konakawa, a Doutora Chiba assume uma personalidade diferente, sendo esta de uma jovem chamada Paprika. Com sua loucura aparente nas ações e desenvoltura extravagante em suas definições, Paprika vasculha todo o universo representado pelos sonhos de seu paciente, à procura de algo importante...

Independente do modo ou da razão que leve ao uso do DC Mini, o Presidente da corporação onde trabalham Chiba e Keita é totalmente contra o avanço de tal pesquisa e, graças à diversos incidentes internos ( um deles envolvendo o Doutor Toratarou Shima ), o uso do DC Mini passa a ser terminantemente proibido.

Toratarou Shima ( no sonho ) e Paprika: loucura visual
em meio ao prenúncio da anarquia generalizada...

Uma outra questão passa à chamar a atenção, de forma imediata. O Presidente, aparentemente, não parece estar muito preocupado com o bem-estar de quem usar do DC Mini. Parece que ele tem certos anseios próprios, fortificados pelo modo como ele vê a ciência crescendo e se fortificando, usando de uma forma errônea através das ações humanas.

A situação tende à piorar, degrau à degrau. Isto porque os sonhos parecem ter sido tomados, de certa forma, pelo controle quase absoluto do uso dos DC Minis. Assim sendo, dá-se a impressão de que o dito surreal ganha força e consistência, pois a realidade parece estar muito próxima de sofrer uma intervenção mental, provinda dos mais diferentes sonhos humanos.

A Paprika parece representar, de início, a loucura desenfreada à procura de algo ou alguém. Contudo, esta personagem passa à ter uma importante missão. Missão esta que pode salvar importantes vidas, restaurar a consciência das pessoas afetadas pelo uso dos DC Minis e, de alguma forma, até mudar a ordem mundial tal como se faz conhecer...

Desfiles, cenas fortes e algo mais...

Morio Osanai e o Presidente: amor e ódio pela Paprika,
lado a lado, em um dos pontos contundentes da animação...

Nesta animação há muito o que se explorar, compreender e definir. Qualquer avaliação pode levar à diferentes interpretações desta obra. Para se ter uma ideia, basta citar como que se pode definir as ações da Chiba e do Keita sobre o uso dos DC Minis. Isto levando em consideração o fato de tais equipamentos estarem incompletos em sua essência, onde desponta como fator principal a menção do Presidente em ter proibido o uso dos mesmos.

Outro fator de ponderação está em como ficam as pessoas após o uso indevido dos DC Minis: inertes, perplexas consigo mesmas e incapazes de fazer ligações lógicas em seus raciocínios ( por mais simples que estes sejam ). Pode-se categorizar, aqui, o domínio do subconsciente destas pessoas, presas não apenas aos seus próprios sonhos, como principalmente pelos mais variados tipos de devaneios mentais possíveis.

A impressão deixada pelos desfiles, tão presentes neste filme animado, está muito proximamente ligada à anarquia. Mas trata-se de uma espécie de rebelião mental totalmente livre, movida pelos sentimentos guardados dentro de cada pessoa, sufocados pelo intenso ritmo diário da vida atual e contemplados com a sensação de liberdade ofertada pelos sonhos de cada um. Um convite à liberdade dentro de cada um que, explodindo para fora, poderia gerar certos transtornos...

Em Paprika não há tanta obviedade. Mas reina absoluto o surrealismo, a irreverência e a crença na busca da felicidade interior. É bem verdade que as questões citadas somam-se à outras ligadas ao cotidiano frenético e impetuoso ( como a sociedade em si ). Contudo, esta obra faz apenas um singelo convite ao raciocínio e à compreensão...

Objetivamente

Uma saudação de causar certo medo...

Paprika é uma obra que ganha pontos pela proposta lançada. É um tema dificultoso, sendo perplexo de ser conduzido até certo ponto. Contudo, com a competente direção de Satoshi Kon, a obra vinda da novel homônima escrita por Yasutaka Tsutsui ganha ares realistas e de incrível qualidade técnica.

Um visual que contempla o dito bonito e moderno. Mesmo em se tratando de uma animação do ano de 2006, é ainda muito atual. Em sua parte acústica, Paprika realiza outro excelente papel, casando perfeitamente a loucura imposta em diversos momentos de seu enredo com a proposta do mesmo ( a música "The Girl in Byakkoya" expressa muito bem tal afirmativa ).

Em resumo, Paprika contempla o bonito com o surreal. Liga harmoniosamente um enredo teoricamente difícil de ser trabalhado com uma abundância maravilhosa de detalhes no mesmo. Uma animação à ser vista com calma, pois sua análise assim sugere a sua visualização.

Por tudo aqui descrito, Paprika é uma animação altamente recomendada. Assista e sinta-se dentro do mundo dos sonhos você também...

Desta forma, encerra a última postagem especial
em comemoração ao quinto aniversário do NETOIN!.
Caro visitante, este humilde blogueiro espera que o texto
lhe tenha sido muito proveitoso.
E lhe é feito
o convite para, no dia 22/12,
festejar junto com este humilde blog
uma data toda especial...

[ made in NETOIN! ]

  • 5Blogger
  • Disqus

5 Comentários

  1. Eu sempre me interessei em obras que mostram uma interação bom entre sonho e realidade, o que uma coisa que raramente vejo em animes, mas vejo o tema ser bastante discutido no cinema como em "Matrix", "A Origem" e "Cisne Negro" e também em seriados como "Alem da Imaginação" e "Jornada nas Estrelas", que são excelentes exemplos de uma abordagem relevante e profunda sobre o tema. Pelo seu texto deu pra perceber que a questão de Paprika não é a duvida entre o que é real e sonho, mas sim da liberdade propriamente dita, achei isso muito interessante, e com certeza verei.

    Parabéns pelo texto muito bem escrito e pelos 5 anos de Netoin, que com certeza é uma grande realização. Parabéns Carlírio e Netotin \o/

    ResponderExcluir
  2. Cara, sua analise ficou bem desconexa. Escreveu de forma bem inconclusiva e vaga, sem dar uma forma concreta a sua ideia. Não sei se foi sua intenção, mas não ficou claro quase nada do que quis dizer. Espero que não se ofenda com a crítica, afinal de contas não postei para lhe ofender e sim para expressar a minha opinião.

    Se se interessou pelo assunto do movie, pesquise a psicanálise junguiana ;)

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Saudações


    Lamento Reinaque, mas devo discordar de seu ponto de vista amplamente...
    Fiquei um tanto quanto perplexo ao saber que meu texto foi inconclusivo e vago. Em nenhum momento foi de minha intenção deixar assim esta review.

    Tudo que fiz no texto foi fazer uma análise pessoal sobre o que se passa em Paprika, na questão que envolve os sonhos e a realidade. Coloquei apenas aquilo que penso sobre a ideia central da animação, em um ponto de vista mais básico possível.

    Não concordo com o modo como viste meu texto. Mas devo agradecer, de forma humilde e com sinceridade, por seu comentário. Muito ele ajudará nas futuras reviews que serão apresentadas neste blog.

    Devo aprender com as críticas, independente de minha pessoa concordar com elas ou não.

    Até mais!

    ResponderExcluir
  4. Eu já assistí Paprika é muito bom,eu adorei eu me interesso bastante sobre esse assunto de sonhos,então esse filme foi feito para mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. saudações

      Paprika é realmente muito bom.
      Concordo contigo integralmente.^^

      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons