To Aru Kagaku no Railgun S - Episódio #1 ~ Netoin!

domingo, 14 de abril de 2013

To Aru Kagaku no Railgun S - Episódio #1

Uma continuação de respeito!

A franquia de To Aru contava com três séries animadas. Em duas delas, reinava o misticismo e a busca por explicações no que tangia à força religiosa e o poder da ciência. Em uma, a objetividade nos fatos e as lutas mais intensas ditavam as regras de conduta na obra. E na presente temporada, se fez estrear a sequência direta da série animada apenas uma vez.

To Aru Kagaku no Railgun S é a continuação de sua série predecessora, na qual as estrelas maiores eram a Misaka Mikoto (conhecida esper nível 5 da Cidade-Escola) e a Shirai Kuroko (eterna apaixonada por sua onne-sama, Mikoto). As jovens Uiharu e Saten, que não faziam presentes nas séries de Index, fizeram ótimos papéis na investida inicial de Railgun. Neste universo, o Touma e a Index (protagonistas de To Aru Majutsu no Index) são apenas "coadjuvantes de gala", em especial o rapaz (por quem a Mikoto tem uma pequena queda).

E no episódio inicial de Railgun S, foi possível notar sensíveis amostras de que esta continuação será de grande valor. Tudo começa pela parte visual, que se mostrou bem caprichada e competente quanto à ambientação da obra. O visual das séries To Aru sempre foram dignos de elogios, e o anime em questão não foge à tal regra.

A Misaka Mikoto, na frente de todos...

No que diz respeito a trama, pode-se aqui enfatizar que este episódio inicial contextualizou, com propriedade, aquilo que se pode entender por introdução à série. Uma gangue incomoda a Saten e, após a apresentação da Kuroko para o salvamento, quem o acaba fazendo (e totalmente sem querer) é a Mikoto, utilizando de uma pequena fração de seus poderes para fazer com que os integrantes da gangue sentissem o medo em suas carnes.

A sequência dos eventos foi de apresentação para as demais personagens, com um grande destaque para a cena na biblioteca. Em tal ato, uma moça de cabelos loiros chamada Shokuhou deu sensíveis amostras que deverá aprontar no anime, em especial no que puder incomodar e testar a paciência da Misaka Mikoto. Pode-se aqui enfatizar que se trata de uma outra esper de nível 5, cujos poderes são bem diferentes da conhecida protagonista do anime.

Na companhia de uma jovem chamada Erii, o quarteto composto por Mikoto, Kuroko, Uiharu e Saten dirigiu-se até o hospital, no intuito de visitar a Edasaki, que está se recuperando de um problema em sua saúde. Muito embora o contexto das ações não girem ao redor desta jovem, é no hospital que acaba acontecendo a cena maior de todo o episódio.

Misaka Mikoto e o seu poder em atividade.

Aparentemente, um bandido estava sendo tratado no hospital. Alguns amigos dele foram para lá, no intuito de resgatá-lo. Desnecessário enfatizar que isto deu início a uma certa correria na edificação, na qual a Erii acabou sendo refém do grupo de meliantes. E quando se imaginava a Kuroko em ação, a Misaka Mikoto acabou fazendo valer a sua fama e, em uma boa sequência, acabou dando um jeito no grupo de bandidos.

É bem verdade que o foco do anime está na ação, mas isto não significa que tudo fica centralizado em tal característica. A prova disto está nos sensíveis laços do tipo shoujo-ai (e yuri) que se fazem apresentar no título. E aqui não se faz citar unicamente a dupla Mikoto e Kuroko, mas também a Uiharu e a Saten (muito embora elas se comportem mais como boas amigas). Além disto, pode-se somar como ponto positivo os diálogos presentes, suaves em demasia para a proposta do anime.

Em si, To Aru Kagaku no Railgun S teve um primeiro episódio muito digno e de grande valor. Mesmo sendo bem calmo em boa parte do tempo, há de se levar em consideração que este foi o pontapé inicial da série, que muito haverá de mostrar nos próximos episódios. E o NETOIN! estará pronto para trazer as impressões deste anime para você, nobre visitante.

Momentos...


Uma amostra de seriedade. A Kuroko teve um timing perfeito para tentar salvar a Saten, logo no início do episódio, mas a sua idolatrada onne-sama tirou os holofotes dela. Óbvio que tal ação rendeu para a Mikoto um leve puxão de orelha.


Olhar tenebroso. A Shokuhou mostrou ter um ar esnobe em seu comportamento, mas o que chamou a atenção de verdade nela foi o seu olhar. Sem maiores definições de momento, fica válida unicamente tal citação.


Uma amostra real de poder. A Misaka Mikoto não gosta de perder tempo com amabilidades, o que acaba soando para ela como um grande ponto negativo em algumas ocasiões. Porém, na cena do helicóptero, pode-se enfatizar que ela teve uma apresentação de gala.


Observador. Um conhecido rapaz ficou atento ao evento, na segurança em solo. Sua frase entoada logo após a cena do helicóptero deixou bem claro que, em breve, ele deverá fazer a sua aparição inicial. Isto irá provocar um certo desgosto em uma outra personagem...


Na abertura do anime. Misaka Mikoto e Touma olhando-se profundamente. Na cena de ação, o rapaz apareceu para salvar a esper, como o seu poder que neutraliza o ataque inimigo. As expressões faciais podem não indicar muita coisa, mas certamente a Kuroko não descansará enquanto não mandar o Touma para bem longe da sua onne-sama.

Amigo visitante, até a próxima!

O blog parceiro Kono-Ai-Setsu também comentou o episódio em questão. Veja aqui

O NETOIN! está com você, no Facebook e no Twitter

[ made in NETOIN! ]


O autor do NETOIN! é...
Carlírio Neto Carlírio Neto, um fã de animação e cultura japonesa desde os anos noventa. Dramas são a especialidade pessoal. O personagem Wataru, de Sister Princess, representa bem a personalidade deste humilde blogueiro. Veja um pouco mais sobre o autor do blog NETOIN!aqui.

  • 6Blogger
  • Disqus

6 Comentários

  1. A Misaka tem muito carisma, não foi a toa que ganhou um internacional saimoe, eu sempre gostei mais do núcleo da ciência do que da magia, gosto das muitas possibilidades que cada poder ciêntifico traz para as lutas. Apesar das boas lutas do Index, as melhores lutas ficam por conta do Accelerator, acho o Touma briga demais com os limites que o poder dele tem, ele anula poderes e ai? ganhar sempre com um soco?

    A kuroko tem um senso de dever e justiça que eu adoro, apesa de fazer muitas cenas de comédia ela deixa transparecer muito isso, aquela luta muito legal que ela teve com a Awaki, foi incrível, não se dobrou nem diante a morte e convenceu.

    Eu gosto muito desse universo de To Aru e principalente os 7 esper me deixam mais curioso, espero me divertir muito com Railgun S.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Railgun S terá diversão mais do que garantida, isso é algo que espero muito também no anime. Mas não é que o Touma ganhe sempre no punho, pois a representatividade dele no anime, utilizando de um poder tão fraco e do fato de seu nível ser zero é justamente outra (e algo que a Mikoto não se cansará enquanto não descobrir do que se trata).

      A Kuroko não me desce, não suporto ela. Mas sim, ela tem um "q" de importância em Railgun, que certamente se estenderá na série S. E tens razão quanto ao senso de justiça dela (chamar a atenção da Mikoto e sair ilesa não é para qualquer um, também).

      O que mais espero? Que apareça o Accelerator e faça o circo pegar fogo. Que venham os outros espers e façam o anime balançar bastante. Que a Uihara e a Saten demonstrem o poder do shoujo-ai e que a Mikoto, bem, continue sendo a Mikoto.


      Até breve, Alisson.

      Excluir
  2. Muito melhor que Index e o Touma com seu poder que anula poder. Tem coisa mais sem graça que aquilo? Railgum é superior pois teus personagens são supercarismáticos. A Kuroko, então, puxa a fila.



    Parabéns pelo Blog. Sempre passo por aqui e leio tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Agradeço pelos elogios, Leon. Venha sempre que desejar.

      Mas lamento, pois odeio a Kuroko com todas as minhas forças, especialmente pela "voz irritante" dela, muito embora sua importância seja real (e que ressaltei em resposta ao comentário do Alisson, mais acima). Mas não vou fazer jus qualitativo em razão disto tanto que, para a minha surpresa, a Kuroko foi mais sensata neste primeiro episódio (soube me calar, como dizem por aí). Prefiro a Uihara e a Saten, embora ambas percam para a Mikoto.

      Não acho o poder do Touma sem graça, em nada. Há uma representatividade singular naquilo. Um fracassado na vida, nada popular e classificado como um estudante nível zero, foi amaldiçoado com um poder que anula quaisquer outros poderes. Não é uma qualidade, ele sabe disto, mas é algo que o acompanhará até a morte. E mais ainda, é algo que a Misaka Mikoto não sossegará enquanto não "tirar este segredo" da boca do próprio. Confesso que, em Index, não gosto muito da protagonista que dá nome ao anime.

      Entretanto, acho muito legal ver as tentativas da Kuroko (registradas na temporada anterior de Railgun) em tirar o rapaz do campo de visão da Mikoto. Como eu disse, o rapaz só se dá mal (de uma forma ou de outra), mas este é o propósito da série (anseio para ver o que acontecerá mais para frente).

      Foi um primeiro episódio muito digno, e fico na espera do que acontecerá pela frente. Já no aguardo pois, semanalmente, os comentários aqui estarão.

      Grato por suas palavras, Leon. E opine sempre que quiser, sobre este anime ou quaisquer outras obras.


      Até mais!

      Excluir
  3. Ola

    Lendo seu post realmente me fez vê vários detalhes da serie que me passaram despercebidos,seu texto e muito bem colocado e até pra um leigo como eu da pra perceber que você domina muito bem o assunto.
    Bem sobre a franquia ''To Aru'' me surpreende o quanto o mesmo conseguiu chegar,convenhamos ganhar um anime de 24 EP e difícil,uma continuidade com o mesmo numero de EP e raridade,e anima um Spin'of já digno de grandes franquias e com os devidos méritos chegou atá as telonas e também se reflete nas vendas de mangas,novels e etc.
    o que mais me chama atenção e o fato de ter dois mundos,o da ciência e o da magia/religião em uma unica serie e dificilmente eles se misturam,mas isso não atrapalha o desenvolvimento,ao contrario nos da um curiosidade tremenda de como os dois iram se misturar,um Ex seria o encontro da kanzaki com a misaka ou do acelerator com o cara do fogo.
    Pessoalmente eu sô muito fã e desejo mais continuidades pra serie.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações


      Agradeço pelas palavras, Walisson.

      E tens razão quanto à franquia To Aru: a mesma possui uma respeitosa representatividade.
      E sim, também anseio pelo que deverá, ainda, aparecer neste anime.


      Até mais!

      Excluir

Dê a sua opinião sobre este texto do NETOIN!, visitante.

Critique, elogie, argumente sobre o post que acabou de ler.

Quer indicar alguma matéria? Fique à vontade. Esse espaço também é seu.

Expor as ideias é legal e algo bem-vindo, tenha certeza. Apenas peço para que mantenha o bom senso no que você escrever.

Agradecido pela sua visita e por seu comentário.

Até mais!

comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Blog sobre animação japonesa - Não copie os textos. Favor entrar em contato com o dono do blog para maiores dúvidas e detalhes. - Netoin! 2006-2017
^
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons